A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


19/05/2015 06:00

Base fica menor e Olarte tem mais um dia decisivo

Edivaldo Bitencourt

Bombeiros – O Corpo de Bombeiros passou por uma saia justa nesta segunda-feira. Ao atender um acidente de trânsito no cruzamento das ruas Pernambuco e 13 de Junho, na Vila Célia, eles não tinham equipamentos para imobilizar a vítima.

Menos um – A presidente municipal do PMDB, vereadora Carla Stephanini, deixou, oficialmente, a base de apoio ao prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP). Como o partido está dividido, a parlamentar decidiu-se e vai ser independente na Câmara Municipal.

Grupo maior – A oposição continua com seis vereadores: Luiza Ribeiro (PPS), Cazuza (PP), Ayrton Araújo, Marcos Alex e Thais Helena, do PT; e Paulo Pedra (PDT). No entanto, o grupo dos independentes começa a ganhar tamanho: Eduardo Romero (PTdoB), Chocolate (PP), Chiquinho Telles (PSD) e, agora, Carla.

Tensão – Foi tenso o primeiro dia de depoimento da CPI das Contas Públicas. Os vereadores Paulo Pedra (PDT) e Airton Saraiva (DEM) se estranharam, trocaram farpas e deixaram o clima pesado. O primeiro a depor foi o secretário municipal de Administração, Wilson do Prado.

Aliados – O prefeito da Capital discutiu com os secretários e vereadores a repercussão da matéria do programa Fantástico, da TV Globo. Ele já cancelou duas coletivas que foram marcadas para tratar do assunto. A primeira seria no sábado. A última foi cancelada ontem à tarde.

Teste de fogo – Olarte terá um dia decisivo nesta terça-feira. A oposição promete protocolar o pedido para criar uma Comissão Processante. E um grupo se organiza para pedir a cassação após a denúncia do Fantástico. No entanto, pelo menos até ontem, o movimento estava com pouca adesão nas redes sociais.

Justiça – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) defendeu, na manhã de ontem, maior agilidade no julgamento da ação judicial contra o prefeito da Capital. Para o tucano, só maior celeridade da Justiça pode acabar com a nova crise política instalada na cidade.

Punição – O tucano defendeu a apuração para que sejam punidos aqueles que realizaram algum desvio de recursos públicos. Sempre destacando que não faz prejulgamento de ninguém, Reinaldo concluiu: “a apuração deve ser feita com rigor e punir os culpados, aquele que cometeu que pague por isto”.

Segurança - O secretário de Segurança, Silvio Maluf, ressaltou que a questão do reajuste das categorias está sendo tratado pelo Fórum do Servidor. No entanto, concorda com o governador que os funcionários já tiveram aumento em dezembro do ano passado.

Sonho meu – O ex-deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT) ainda sonha em voltar a ocupar um cargo na Capital federal. Quatro meses após deixar o mandato, ele ainda não se desfez da linha 061, de Brasília. Agora, resta saber se o petista sonha em voltar para Câmara dos Deputados ou ocupar um cargo no segundo escalão.

(colaboraram Leonardo Rocha, Marcelo Calazans, Antonio Marques)

Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions