A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


12/01/2019 07:00

Bloqueio de celular pirata não emplaca no presídio

Ângela Kempfer

Piratas 100% - Aqui em Mato Grosso do Sul, 1,9 mil celulares piratas já foram bloqueados este ano pela Anatel, mas nada dá jeito nos aparelhos que continuam funcionando muito bem nos presídios. Ontem, em corpo encontrado esquartejado em córrego, foram achados 4 números de telefones. A suspeita é de que todos sejam de detentos do sistema penal de Campo Grande. 

Foto no perfil - Na foto de perfil de Whatsapp de um desses números, a imagem é de um homem que posa no meio do pátio de um presídio, com grades aparentes ao fundo. Também ontem, uma quadrilha foi presa por tentativa de assalto contra casal de idosos, a mando de detentos.

Em queda - No geral, independente de serem piratas ou não, o número de linhas de celular caiu 1,5 milhão em novembro no Brasil. Em 1 ano, a perda acumulada foi de 3% e chegou a 7,2 milhões de linhas desligadas.

Um chip - Na verdade, não é o brasileiro que anda abrindo mão do celular. É que como agora não é mais tão caro ligar para outra operadora, pessoas que tinham vários chips passaram a ter só um. Esse efeito tem ocorrido nos últimos 3 anos.

No armário - Já estão nos depósitos da Prefeitura de Campo Grande os 99.400 kits escolares e 122 mil uniformes dos alunos da Rede Municipal de Ensino que serão entregues aos alunos a partir do dia 4 de janeiro, data de início das aulas.

Rapidez - A prefeitura garante que ninguém vai ficar sem material ou uniforme nesse recomeço de ano letivo. A previsão é de entrega total em, no máximo, 25 dias.

Contra insetos - O CEPOL, Centro de Policiamento Especializado, fechou ontem o atendimento ao público. Parou de atender às 12h, para dedetização geral do prédio. Até quem frequenta esporadicamente estava reclamando de muita barata.

Acorrentado - A OAB de Dourados resolveu entrar no caso do feirante Nelson Gonçalves da Cruz, que se acorrentou na última quinta-feira durante 6 horas em grade do Fórum de Dourados. Ele reclama porque não pode se aproximar de casa, após decisão baseada na Lei Maria Da Penha.

Imparcial - Mas a Ordem garante que não vai tomar partido por nenhum dos lados. Vai dar suporte jurídico as duas partes, para agilizar o processo, já que o homem reclama da morosidade.

Demorado - Na avaliação da entidade, o problema da demora é real e ocorre com muitos processos da Vara de Família. Hoje, acusado de ameaças e agressões, Nelson é obrigado a manter, pelo menos, 200 metros de distância da residência onde vivia com a esposa.

 

Nomeação para Sanesul saiu direto da Governadoria
Pessoal - O nome de Walter Carneiro Júnior para a direção da Sanesul foi indicação pessoal do governador Reinaldo Azambuja. Apesar de já ter sido sec...
Presa em operação adora posar com vereadora
No hospital - O empresário e ex-candidato a deputado estadual pelo PTC, Antônio João Hugo Rodrigues, deu um susto na família na noite de segunda-feir...
Picarelli queria TV, mas deve levar assessoria
Outra rota – Radialista e apresentador de TV, Maurício Picarelli (PSDB) teve o nome lembrado para a Fertel, fundação que comanda a TV Educativa e a r...
Cultura tem “concorrência” entre ex-secretário e suplente
A fila anda – Athayde Nery (PPS) havia descartado assumir a Fundação de Cultura do Estado, depois que a Secretaria de Cultura e Cidadania foi extinta...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions