A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


03/07/2015 06:00

Capital vai gastar R$ 2,6 milhões com cachorro-quente

Edivaldo Bitencourt

Debate – A Câmara Municipal vai debater, na próxima quarta-feira, o pedido de fechamento do Centro Municipal Pediátrico, que funciona no antigo prédio do Hospital Sírio Libanês. A decisão é do Conselho Municipal de Saúde, que não aprovou o projeto do novo hospital no Centro da Capital.

Unidos – O prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP), e o presidente da Câmara Municipal, Mario Cesar (PMDB), estão unidos na proposta para mudar o projeto de duplicação da BR-163 no perímetro urbano de Campo Grande.

“Milagres” - Os políticos do interior de Mato Grosso do Sul estão criativos para apagar provas. Depois da “chuva fantasma” em Camapuã, surgiu o “roubo salvador”. Durante inspeção do Tribunal de Contas em Taquarussu, um “ladrão” invadiu a prefeitura e só furtou o notebook que tinha as provas do caso sob investigação.

Compra milionária – A Prefeitura de Campo Grande faz a compra de pão para cachorro-quente. O valor irrisório. No entanto, segundo o registro da Central Municipal de Compras, publicado no Diário Oficial de ontem, serão adquiridas 4,5 milhões de unidades. A cidade vai gastar R$ 2.690.400,00 com cachorro-quente.

Mistério – Intriga a mudança de posição dos deputados Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Tereza Cristina (PSB) sobre a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. Inicialmente, ele contrariou o partido e votou contra. Ontem, seguiu a orientação do DEM. Já a deputada, contrariou o partido na segunda votação e votou a favor.

De perto – A comissão de deputados vai continuar fiscalizando a obra do Aquário do Pantanal. Depois de verificar a quarentena dos peixes, onde 80% dos animais morreram, o grupo vai até a Fundect, que financiou o projeto. Eles querem conferir o estudo de perto.

Na fila – Depois de votar a redução na taxa de vistoria e os projetos na área da educação, os deputados vão analisar a concessão de desconto para quitar dívidas com a Agência Estadual de Habitação. Segundo o líder do Governo, Rinaldo Modesto (PSDB), é próxima prioridade do Executivo na Casa de Leis.

Dupla – Os deputados estaduais Antonieta Amorim e Renato Câmara foram indicados pelo PMDB para compor duas comissões. Ele será o titular na comissão que vai fiscalizar a redução do preço do óleo diesel nos postos. Ela vai comandar os trabalhos sobre a rota bioceânica.

Estratégia – O vereador Ademir Biu (DEM), de Guia Lopes da Laguna, não participou da sessão que cassou o mandato do prefeito Jácomo Dagostin (PMDB). Ele convocou o suplente para substituí-lo. De olho nas eleições de 2016, ele sonha é com a cadeira de chefe do Executivo no município.

Ausente – Na votação da redução da maioridade penal, a grande ausência foi do deputado federal Zeca do PT. Em decorrência de uma cirurgia de varizes, o ex-governador estará fora da Câmara dos Deputados nas votações importantes, como reforma política e ajuste fiscal.

(colaboraram Priscila Peres, Juliana Brum, Leonardo Rocha, Antonio Marques e Lidiane Kober)

A missão espinhosa de Marun
Casa cheia - No discurso em que saudou Carlos Marun como seu novo ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer disse ter ficado preocupado com a p...
Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions