ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  17    CAMPO GRANDE 18º

Jogo Aberto

Delegada da Defurv vai presidir associação dos delegados

Por Marta Ferreira e Gabriela Couto | 29/05/2021 07:00
A titular da Defurv, Aline Sinnott, que deve assumir presidência de entidade da categoria. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
A titular da Defurv, Aline Sinnott, que deve assumir presidência de entidade da categoria. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Consenso – A delegada de Polícia Civil Aline Sinnott, titular da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) de Campo Grande foi a escolhida para liderar a chapa única registrada para a nova gestão da Adepol/MS, entidade que representa as autoridades no Estado. O prazo de inscrições venceu nesta sexta-feira (28), mas antes teve muita negociação para não precisar de disputa no voto.

Composição – A chapa a ser apresentada aos associados, para votação no dia 3 de julho, tem cerca de 50 nomes. Na vice-presidência, está Marcelo Vargas, delegado de Polícia Civil  aposentado, que chefiou a Polícia Civil até 2020 e já presidiu entidade nacional de classe.

Provas - A senadora Simone Tebet (MDB/MS) apresentou projeto para garantir a validade de captações de som ambiente quando elas provam crimes com situações de risco à vida, à liberdade ou à dignidade sexual. Para a parlamentar o texto atualmente em vigor - que só permite o uso de escutas autorizadas - pode promover a absolvição de criminosos, assassinos, estupradores, pedófilos e sequestradores.

Póstumo - O novo plenarinho que está sendo concluído no Palácio Guaicurus, sede da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, vai receber o nome de José Almi. Essa será mais uma forma de homenagear o deputado petista morto  faleceu na última segunda-feira (24), vítima de covid-19.

Maps -  A Assembeia Legislativa editou a consolidação das leis estaduais de nomes de vias e logradouros públicos. O documento faz parte da coletânea desenvolvida pela Secretaria de Assuntos Legislativos e Jurídicos da Casa de Leis. Qualquer cidadão pode consultar o documento.

Imunizados - A Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) vai oferecer vacinas contra gripe H1N1 a todos os servidores da Assembleia Legislativa. A campanha está prevista para a próxima semana.

Ofensas - O vereador Marcos Tabosa (PDT) insiste em não sair do papel de sindicalista. Subiu o tom durante audiência para prestação de contas pelo secretário de Finanças e Orçamento, Pedro Pedrossian Neto. Chegou a chamar o prefeito de “mal e perverso” alegando falta diálogo com os servidores municipais nos últimos cinco anos.

Não precisa disso - Sobrinho de Marquinhos Trad (PSD), o vereador Otávio Trad (PSD) não gostou das palavras do colega. “Um pouco de agressividade desnecessária”, destacou no púlpito.

Simplificação ? Durante a apresentação feita pelo secretário, que é neto do ex-governador Pedro Pedrossian,  parlamentares optaram por chamá-lo apenas de "Pedro Neto".  O secretário não chegou a se incomodar.

Lembranças - No escritório de trabalho de Pedrossian Neto na prefeitura, a presença do avô político na vida do secretário, que se programa para tentar carreira no Legislativo, nem precisa ser citada. Está nas paredes, em uma dezena de quadros espalhados pelo ambiente.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário