ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 21º

Jogo Aberto

Deputados disputam autoria de homenagem ao coronel Adib

Por Gabriela Couto | 15/04/2021 06:00
O coronel Adib Massad, falecido em março deste ano. (Foto: Divulgação)
O coronel Adib Massad, falecido em março deste ano. (Foto: Divulgação)

Paternidade disputada – Quando o projeto é “bonito” surgem vários autores da proposta na Assembleia Legislativa. Durante sessão da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), o deputado José Carlos Barbosa (DEM) questionou a autoria do projeto denominando Coronel Adib Massad a nova sede do DOF (Departamento de operações de Fronteiras), em construção em Dourados.

Três candidatos – A proposta em homenagem ao militar linha dura falecido este ano tem “três pais”. Assinam a autoria os deputados José Carlos Barbosa (DEM), Neno Razuk (PTB) e Carlos Alberto David (Sem Partido).

Plateia – Representantes do Fórum Estadual de Cultura compareceram em peso durante votação virtual do projeto de lei que veda retenções ou descontos no pagamento de recursos emergenciais ao setor cultural. O texto de autoria do deputado Pedro Kemp (PT) passou por unanimidade, mas segue para redação final após receber emenda substitutiva integral do próprio petista

- Com coautoria da deputada Mara Caseiro (PSDB), a adequação atendeu à possibilidade de os artistas receberem os recursos de imediato por conta da pandemia, explicaram os autores da ideia.

Destinação ampliada – Também seguiu para redação final, com seis votos contrários, o projeto do Poder Executivo, que modifica o texto original do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul). O governo alegou que as mudanças trazem “novos mecanismos voltados à modernização e ao ganho de eficiência nas ações”, realizadas com os recursos arrecadados sobre a venda de produtos agrícolas e combustíveis.

Exemplos – Foram citados como possibilidades de uso a construção, a manutenção, a operacionalização, a recuperação e o melhoramento asfáltico de rodovias estaduais e de vias públicas urbanas no território sul-mato-grossense.

Os contrários - Votaram contra José Almi (PT), Pedro Kemp (PT), Renan Contar (PSL), Carlos Alberto David (sem partido), Felipe Orro (PSDB) e João Henrique Catan (PL).

Repercutiu – Decisão do STF derrubando a obrigatoriedade de Bíblia Sagrada no acervo das bibliotecas públicas foi citada durante a sessão pelo deputado Rinaldo Modesto (PSDB). Evangélico, o parlamentar criticou o entendimento.

“Hipocrisia” – Segundo ele não existe problema em disponibilizar o livro mais vendido do mundo no acervo para leitura dos estudantes. “A relatora do processo fala em estado laico, mas no próprio plenário do STF tem um sinal do cristianismo”, defendeu

Economia – O consórcio Brasil Central (BrC), formado por Mato Grosso do Sul e outros quatro estados, lém do Distrito Federal, conseguiu, durante a pandemia, redução de 30% nos preços de medicamentos comprados de forma compartilhada. Agora, o desafio é conseguir a aquisição de 28 milhões da vacina Sputnik-V, contra a Covid-19.  Fazem parte do organismo Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Tocantins, Maranhão e Rondônia.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário