A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


10/06/2015 06:00

Deputados horrorizados com Parada Gay

.

Arco-Íris - Os organizadores da Parada Gay em Campo Grande estão preocupados com a edição do evento em 2015. Segundo eles, a prefeitura normalmente garantia cerca de 150 mil para a festa da diversidade, mas o ano já chegou à metade e até agora não há qualquer resposta sobre apoio ao evento.

Horrorizado - O deputado Marquinhos Trad é mais um a engrossar a polêmica depois de desfile de uma transexual crucificada simbolicamente na Parada Gay de São Paulo. Durante sessão de terça, ele tomou partido da turma que acha o uso da imagem de Jesus Cristo algo muito chocante.

Carolas - O assunto ganhou espaço na primeira sessão da semana. O deputado Lídio Lopes também reclamou, dizendo que “macularam” a imagem de Jesus, o que ele achou revoltante. Já Pedro Kemp, católico fervoroso, ressaltou que se houve excessos, não se pode generalizar e atacar todo o movimento.

Vaiado - O vereador Chocolate foi vaiado ontem na Câmara por ser um dos parlamentares a ir contra o requerimento que pedia a comprovação dos recursos financeiros gastos com publicidade da prefeitura. Há suspeita de que dinheiro é investido em promoção pessoal de Gilmar Olarte e da primeira-dama, Andréia.

Descarrego – E a manhã na Câmara foi pra lá de animada. Além dos professores em greve lotarem o plenário, no fim da sessão uma líder comunitária entrou em transe e começou a evocar Jesus Cristo e colocar o dedo em riste para atacar parlamentares e assessores.

No sul - O deputado José Carlos Barbosa (PSB) afirmou que não descarta a possibilidade de ser candidato a prefeito em Dourados, em 2016, lembrando que o partido pretende ter candidatura própria nas principais cidades, inclusive, em Campo Grande, onde o nome da legenda deve ser da deputada federal Teresa Cristina.

Contas - Para ganhar holofotes ele já apresentou requerimento para que governo estadual informe as notas fiscais de aquisição de combustível pelas distribuidoras do Estado, bem com as notas de revenda. Os dados serão usados na audiência pública que vai discutir os preços cobrados pelo diesel e gasolina ao consumidor.

Felicidade - Nem tudo é ruim nas notícias policiais envolvendo Mato Grosso do Sul. Na operação Corpus Christi, por exemplo, que registrou 102 mortes em rodovias federais, apenas Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba e Amazonas não tiveram registro de óbitos.

Parou geral - Mais servidores em greve. Hoje os professores e funcionários da UFMS devem acertar a paralisação em Mato Grosso do Sul. Também os servidores de um dos principais órgãos de combate à corrupção, da Controladoria-Geral da União, já decidiram parar a partir desta quarta-feira em todo País.

Roqueiro de óculos - O Sebrae convidou um dos banbanbans nacional de vendas para dar palestra em Campo Grande. Caito Maia vai contar como migrou do rock para a moda, como fundador da Chilli Beans. O evento será gratuito, no dia 15 de junho, às 19h30.

Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...


É triste ver que tanta gente continua sendo ignorante como eram no seculo passado, o deputado Marquinhos acha pecado utilizar a imagem de Cristo ( que ninguem sabe de fato como é realmente ou se existiu um dia) mas roubar dos cofres publicos o suado dinheiro do povo que trabalha é uma coisa normal, eu acho o cumulo da cara de pau deputados, vereadores e prefeito serem contra o desfile dos homossexuais mas aceitar de bom grado o voto dos mesmos em época de eleição, que o pessoal da GLBT fique esperto na hora de ir às urnas...é lamentável.
 
Max em 10/06/2015 17:47:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions