A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


03/09/2014 06:00

Escudeiras de Bernal mudam de lado e já apoiam Olarte

Edivaldo Bitencourt

Deu bolo – O candidato a presidente da República, José Maria Eymael (PSDC), deu bolo nos apoiadores e eleitores de Campo Grande. Ele marcou visita a Campo Grande no início da tarde de ontem, mas não apareceu. O grupo ficou a ver navios e sem qualquer satisfação no Aeroporto Internacional de Campo Grande.

Direto – Eymael decidiu seguir direto para Porto Velho, capital de Rondônia. O presidenciável promete compensar o bolo nos aliados em nova visita, prevista para amanhã. Agora, resta saber quem vai ter coragem de ir buscar o presidenciável no aeroporto.

Chega de engolir cabelo – O prefeito Gilmar Olarte (PP) reagiu aos ataques da vereadora Luiza Ribeiro (PPS) na Câmara Municipal. Ela voltou a cobrar mais transparência no processo de locação do Hospital Sírio Libanês. “Temos que largar de contar mosquito e engolir cabelos”, reagiu o chefe do Executivo.

Prestação de contas – A Prefeitura de Campo Grande vai submeter ao Conselho Municipal de Saúde o projeto de implantação do Hospital da Criança do SUS. Para garantir o novo estabelecimento, ele disse que remanejou dinheiro de algumas secretários e o reservou para garantir a criação de 100 novos leitos na Capital.

Convertida – A mais nova aliada do prefeito é a ex-secretária municipal da Mulher, Jaqueline Romero. De aliada de Alcides Bernal (PP), desafeto do atual chefe do Executivo, ela passou a ser fiel escudeira de Olarte. Jaqueline garante que apóia o prefeito sem cobrar qualquer cargo.

Convertida 2 – A próxima a se “converter” a nova administração será a ex-secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Darlen de Oliveira. “Receberei todos de braços abertos”, destacou Olarte. Ele disse que elas mudaram de lado sem qualquer interesse ou cargo.

Publicidade! - Por falta de um contrato de publicidade, o prefeito voltou a pedir (como já de praxe) a todos os veículos de imprensa presentes para falarem do PPI. Ele justificou que a baixa procura de contribuintes pra acertarem seus débitos no final de semana é por falta de divulgação.

Confusão 1 – Integrantes da Rede Sustentabilidade tentam tumultuar a campanha de Marina Silva em Mato Grosso do Sul. Em nota, destacaram que a candidata não apóia Nelsinho Trad (PMDB) ao Governo, como havia sido acordado com o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB).

Pose – Marina pousou para fotografia ao lado de Nelsinho Trad no mesmo dia em que tentava emitir sinais de que não era contra o agronegócio. Agora, após a subida da candidata nas pesquisas e até com expectativa de vencer no segundo turno, a Rede publica nota descartando apoio no Estado.

Debate – Os candidatos devem participar de pelo menos mais três debates antes do primeiro turno. Antes do confronto final na TV Morena, eles devem se encontrar no dia 18 no Centro de Apoio ao Devoto, no evento da Arquidiocese de Campo Grande, e 24 deste mês na Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação).

(colaboraram Kleber Clajus e Filipe Prado)

Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions