A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


09/09/2014 06:00

Estratégia do PMDB para dar arrancada na candidatura de Nelsinho

Edivaldo Bitencourt

Nota – O MPE (Ministério Público Estadual) divulgou nota, no site da instituição, para acabar com os boatos de que o candidato a governador Reinaldo Azambuja (PSDB) não é alvo de nenhuma investigação pelo órgão. É a primeira manifestação oficial do MPE sobre a campanha deste ano.

Limite – O governador André Puccinelli (PMDB) admitiu, ontem, que não conseguiu fazer tudo o que Mato Grosso do Sul precisa. “Gostaria de ter feito mais. Especificamente, algum projeto, não, porque em todas as áreas nós atuamos. Perdoem-nos. Não demos conta de fazer tudo o que o Estado precisa”, afirmou em entrevista à FM Capital.

Estratégia - Lideranças do PMDB estão recorrendo a pesquisas feitas para consumo interno para animar a militância. Os dirigentes garantem que há empate técnico e não uma grande diferença entre o segundo o terceiro colocado na disputa da sucessão do governador André Puccinelli (PMDB).

Argumentos – No encontro de ontem com os prefeitos, os caciques alegaram que os institutos de pesquisa, que divulgaram levantamento na semana passada, não ouviram eleitores de todos os municípios. Eles garantiram que o PMDB faz uma pesquisa mais ampla e “real”.

Arrancada – O PMDB vai realizar um grande ato para dar a arrancada final na campanha de Nelsinho Trad. O objetivo é reunir prefeitos aliados e até da oposição para o evento de apoio, que deverá ocorrer nos 79 municípios.

Em setembro – O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), não vem hoje. No entanto, o candidato a governador Delcídio do Amaral (PT), garantiu que ele vem ainda neste mês para reforçar sua campanha. Além da data, segundo o petista, falta definir a cidade: Campo Grande, Três Lagoa e Corumbá são cotadas.

Favorito - Delcídio ainda reconheceu que a presença de Lula no Estado é até melhor que a vinda da presidente Dilma Rousseff (PT). "O Lula é o nosso Pelé, está acima de qualquer coisa, faz quatro anos que ele saiu e as pessoas o adoram, mas a Dilma também bate um bolão". O senador ressaltou que a presidente ainda não confirmou se vem para o Estado, já que sua agenda está sendo reavaliada.

Ataques – A Justiça Eleitoral decidiu bloquear mais dois endereços eletrônicos com ataques e calúnias contra os candidatos. Além de suspender os fakes, os magistrados estão determinando a retirada de sites de notícias do ar.

Digital – O prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP), viu digital dos adversários na manifestação dos moradores da Favela Cidade de Deus. Ele até conseguiu o apoio da líder da favela, Veranilce Monteiro, que decidiu abrir a boca e denunciar o suposto uso político dos sem-teto da região.

Reforço – Segundo a versão de Veranilce, até os sem-terra, que ficaram famosos de ter um carro por barraco às margens da BR-163, reforçaram a manifestação na manhã de ontem.

(colaboraram Ludyney Moura, Leonardo Rocha e Klebr Clajus)

 

Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions