A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


25/02/2016 06:00

Falta de dinheiro não é mais problema para a Prefeitura

Waldemar Gonçalves

Agora vai – Se depender do discurso, os últimos meses da gestão de Alcides Bernal (PP) na Prefeitura de Campo Grande serão maravilhosos. Ao prestar contas aos vereadores, ontem, o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Disney Fernandes, disse que a Prefeitura está com dinheiro em caixa para não mais atrasar salários de servidores e resolver outros problemas da cidade, como a buraqueira nas ruas.

Pode cobrar – Segundo Disney, desde o começo deste ano a Prefeitura recolhe acima de R$ 100 milhões mensais. Portanto, agora é uma questão de gestão, não de falta de dinheiro, para dar jeito na cidade, e os vereadores podem, então, cobrar isto do prefeito.

Kit escolar e merenda – Um dos problemas da Capital está na educação. As aulas já voltaram, mas as licitações para definir empresas que farão os kits escolares e fornecerão merenda escolar na rede de educação de Campo Grande ainda estão em andamento. A fase atual é de apresentação de amostras de itens a serem comprados. Se as classificadas até agora forem reprovadas, o Executivo Municipal terá que convocar as segundas colocadas, o que fará com o processo licitatório atrasar ainda mais.

Mais uma semana – Ainda sobre a prestação de contas de Disney na Câmara: o secretário foi cobrado pelo fato de a Prefeitura não ter quitado, até agora, dívidas trabalhistas com exonerações de comissionados de Gilmar Olarte (PP). O secretário pediu compreensão para que este pessoal aguarde mais uma semana, prometendo liquidar o assunto na próxima quarta (2).

Com tudo – Depois de alguns dias suspensa por decisão judicial, a CPI do Cimi quis mostrar que voltou com tudo. Na primeira reunião de 2016, foi aprovado pedido de quebra de sigilo bancário, telefônico e fiscal do Cimi (Conselho Indigenista Missionário).

Eleição no MPE - Atual procurador-geral de Justiça do MPE (Ministério Público Estadual), Humberto Brittes, que deixa o cargo em maio, já tem candidato favorito à sucessão. Ele afirma que sua escolha é o procurador-adjunto, Paulo Cezar dos Passos. Segundo Brittes, o nome de Passos é o ideal, pois ele dará continuidade a seu trabalho na PGJ.

Fogo cruzado – Brittes esteve na Assembleia Legislativa, ontem. Em tom bem humorado, comentou que sucessões no governo sempre são garantia de trabalho para o MPE. Afinal, diz ele, sempre que entra um novo gestor, é comum que ele apresente denúncias em relação ao antecessor. “Lembro que quando o Puccinelli entrou, chegou com uma caixa de denúncias sobre a gestão passada. Também me disse que, quando saísse, iria ocorrer a mesma coisa. Coitado do procurador que estiver no momento, pois ficará no fogo cruzado”.

Assessorado – O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) concedeu ontem a primeira entrevista a um veículo de imprensa de Mato Grosso do Sul desde que deixou a prisão, na sexta-feira passada (19). O escolhido foi um programa de rádio comandado por um de seus assessores.

Voo marcado – Quem já estaria com o voo marcado para o ninho tucano é Mara Caseiro, que acabou de trocar o PT do B pelo PMB. Ontem, a deputada estadual, presidente da CPI do Cimi, disse que decide na próxima semana se trocará novamente de partido para integrar o time do governador, Reinaldo Azambuja.

Seis meses – O convite não veio agora, mas seis meses atrás, garante o deputado estadual José Carlos Barbosa sobre eventual ida dele para o PSDB. Mas, ele garante que continua no PSB, ressaltando que buscará acordo com os tucanos em Dourados para disputar a prefeitura.

(com a redação)

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



Chega então de tanto papo furado e façam o que a cidade clama sem parar, arrumem as ruas, ou melhor, o que sobrou delas!! Esse é o primeiro passo, o resto não mais necessário dizer, não é mesmo?
 
Guto em 25/02/2016 09:24:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions