A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


30/10/2014 06:00

Famoso por ataques na campanha, candidato tem WhatsApp clonado

Edivaldo Bitencourt

Para ataques – Candidato derrotado ao Senado e dono do Correio do Estado, Antônio João Hugo Rodrigues (PSD), teve o WhatsApp clonado nesta semana. Os criminosos utilizaram o programa para ofensas pessoas contra o empresário, conforme relato feito, ontem, no Facebook. Ele ficou famoso pelos ataques feitos na campanha eleitoral deste ano. 

Fácil – Antônio João anunciou que tomou as medidas administrativas e até registrou o caso na polícia. Ele revelou que o programa é mais fácil do que se imagina de clonar. A clonagem foi feita no aplicativo e não com o telefone celular.

Reajuste – A Prefeitura de Campo Grande pode definir, nesta quinta-feira, o índice do reajuste do IPTU para 2015. O tributo está com defasagem de 32%. No entanto, o prefeito Gilmar Olarte (PP) cogita promover correção de até 16%.

Resistência – Os vereadores da oposição e até da base aliada prometem resistir a um índice acima de 12%. Mesmo considerado ideal, este índice já é mais que o dobro da inflação acumulada nos últimos 12 meses na Capital e utilizada para reajustar os salários dos servidores municipais, o IPCA-E.

Tensa – Olarte tem comandado uma negociação tensa com os professores da rede municipal. Eles exigem o reajuste de 8,46%, previsto em lei de dezembro de 2012, e que elevará o piso da categoria a R$ 1.697 para jornada de 20 horas. O prefeito alega que está com problemas de caixa para conceder o aumento neste mês.

Sem prejuízos – O presidente regional do PSDB e deputado federal eleito, Márcio Monteiro não acredita em prejuízos para o Estado com a reeleição de Dilma Rousseff (PT). Apesar de Reinaldo Azambuja (PSDB) ser da oposição, a bancada federal tem deputados e senadores da base aliada de Dilma no Congresso.

Decisão – O PR, que lançou o candidato a vice-governador (Londres Machado) na chapa de Delcídio do Amaral (PT), vai decidir nos próximos dias sobre a postura em relação ao Governo de Reinaldo. Paulo Corrêa (PR), reeleito, afirmou que a situação está indefinida.

Sem palanque – O deputado Jerson Domingos (PMDB), presidente do legislativo estadual, defendeu o governador André Puccinelli (PMDB) da acusação de que participou pouco da campanha de Dilma. Ele disse que o peemedebista ficou de mãos atacadas com a decisão da maioria dos membros do partido terem optado pela candidatura do PSDB.

Dança de cadeiras – O Tribunal de Contas do Estado começa, nesta semana, a nova mudança no conselho. Cícero de Souza deixa o cargo ao completar 70 anos. Ele deverá ser substituído pelo presidente da Assembleia, Jerson Domingos.

Novo candidato – O mais novo candidato a um cargo no TCE é o deputado federal licenciado e secretário estadual de Obras, Edson Giroto. Ele é cotado para a vaga de José Ricardo Pereira Cabral, que tem tempo de serviço e vai pedir o chapéu. O outro cotado é o deputado estadual Antônio Carlos Arroyo (PR), que nem disputou a reeleição.

(colaborou Kleber Clajus e Leonardo Rocha)

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions