ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  10    CAMPO GRANDE 27º

Jogo Aberto

Funcionalismo

Por | 25/01/2013 06:00

 O clima entre os servidores municipais era de incerteza antes de Alcides Bernal (PP) assumir o cargo. Agora, virou clima de temor em alguns setores. A conversa corrente é que os novos chefes usam um aviso principalmente aos comissionados que ainda resistiram e não rezam na cartilha da atual administraçã: "Quer que o seu nome vá parar na mesa do Bernal".

E o pagode?
Outra incerteza é quando ao dia em que vão receber o salário. Acostumados a receber no segundo dia útil, os servidores temem que a prefeitura cumpra estritamente o que a lei manda: pagar até o quinto dia útil de cada mes. O sindicato da categoria disse que recebeu garantia de que o pagamento continua como antes, apesar de decreto sobre o assunto que cita o prazo legal.

Eleição?
O clima eleitoral ainda é quieto nas ruas de Sidrolândia e Bonito. Os candidatos a prefeito acabam de conseguir o CNPJ de campanha e acreditam que a partir da semana que vem a movimentação deve começar pra valer.

Elogio
O deputado estadual Pedro Kemp usou sua página na rede social Facebook para elogiar a atuação da presidente Dilma Rousseff, que confirmou na quarta (23) a redução nas contas de energia em todo País. Segundo ele, a medida do Governo contraria as crises econômicas em países europeus e nos Estados Unidos.

Babando
“Mulher decidida, corajosa, competente e, o que é mais importante, comprometida em fazer do Brasil um país mais justo e solidário. Deus a proteja”, declarou.

Humor político
O ex-deputado estadual Youssiff Domingos deu tom humorado às polêmicas envolvendo a culpa pela epidemia de dengue em Campo Grande. Segundo ele, é preciso "despartidarizar" o mosquito transmissor.

Falando sério
“A coisa é séria. Só para ter uma noção da gravidade da dengue em Campo Grande, aqui já foram notificados 10 mil casos. No estado do RJ inteiro, 3 mil casos. Façamos nossa parte”, pediu.

Evolução
Pelo andar da carruagem, janeiro de 2013 vai fechar com um número maior de casos do que ano de 2007, quando Campo Grande viveu uma de suas piores epidemias de dengue. O número já chega este ano a 11,5 mil, contra os 12 mil de 6 anos atrás.

Resposta
O vereador Elizeu Dionísio entrou em contato com a coluna para comentar a matéria publicada ontem (24) que trata do que estão fazendo os parlamentares a poucos dias das atividades legislativas. Ele não gostou muito do teor da matéria.

Muito trabalho
O vereador novato na Câmara garantiu que tem feito visitas, atendido e cumprido agendas desde o início do mês em seu gabinete na Câmara. Dionísio avisou, ainda, que nesta sexta vai passar o dia todo trabalhando no gabinete.