A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/03/2016 06:00

Homem vira presidente do Partido das Mulheres em MS

Ângela Kempfer

Macho alfa - O ex-deputado Pedro Pedrossian Filho assumiu a direção estadual do PMB/MS (Partido da Mulher Brasileira). Além de ocupar o posto mais alto da legenda feminina por aqui, também pode ser o nome escolhido para a disputa pela prefeitura de Campo Grande.

Pré-candidato - Ele revelou que foi convidado por Denise Abreu, pré-candidata à prefeitura de São Paulo. Também descreveu seu novo projeto político como inovador e liberal, com um estado enxuto, com menos ingerência estatal, dando prioridade a setores como saúde, segurança e educação.

Por cima - O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) foi um dos grandes vencedores da janela partidária, conseguindo aumentar a bancada do PSDB, tanto na Câmara Municipal de Campo Grande, como na Assembleia Legislativa.

Quero mais - Mas ele ainda não pendurou as chuteiras na tarefa de arregimentar novos parceiros. Questionado se estava satisfeito, lembrou que ainda pode ter novidades até o dia 2 de abril, data prevista para políticos que não têm mandato.

Confraternização - No fim de semana, o governador parou um pouco com o trabalho político e assumiu o lado produtor. No domingo, Reinaldo Azambuja foi um dos promotores do 39° leilão "Nelorão do MS", que ocorreu na Estância Orsi, em Campo Grande.

Lição feita - Mato Grosso do Sul é um dos únicos estados que tem repassado informação sobre a dengue no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, os dados referente às notificações dos tipos de vírus que atingem o País são enviados apenas por 8 dos 27 estados Brasileiros.

Ranking do bem - Na lista, além de Mato Grosso do Sul, aparecem apenas Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná e São Paulo.

Aquário - O governo prorrogou por mais 120 dias a paralisação dos serviços da Clima Teck na obra do Aquário do Pantanal. A data da publicação no Diário Oficial do Estado, no entanto, é retroativa a janeiro e tem vencimento em maio, mas tudo indica que a empresa retorne ao canteiro de obras bem antes do prazo.

Em risco - A Clima Teck, assim como as demais contratadas, vão voltar assim que Egelte retomar a obra principal. A empreiteira, por sua vez, afirma que em 30 dias reassumirá a construção. Enquanto isso, quem passa pelo Aquário, no Parque das Nações Indígenas, reclama que não há nenhuma segurança para evitar depredações.

Baixa - A meteorologista Kátia Braga está voltando para o Rio Grande do Sul. Responsável até então pelo Cemtec da Agraer, núcleo de monitoramento do clima, a saída dela deixa o local apenas com um geógrafo, o que limita a atuação e deve interromper os serviços de previsão do tempo.

#FicaTemer: governo vai deixar saudades, avalia Marun
#FicaTemer – A hastag bombou nas redes sociais impulsionada por eleitores que fazem oposição ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e o ministro ...
O ato falho de Odilon ao anunciar apoio
Tropeço – No ato em que recebeu apoio do MDB na disputa pelo governo estadual, Odilon de Oliveira (PDT) também aproveitou para declarar seu apoio a J...
Deputada não reeleita critica regras
Justificativa - A deputada Mara Caseiro (PSDB) comentou ontem na Assembleia Legislativa que não se elegeu pelas regras da legenda, já que sua votação...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions