A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


10/05/2012 06:00

In memorian

Jogo Aberto

Pressão

Os servidores do setor administrativo da Educação no Estado marcaram presença na sessão da Assembleia Legislativa. Sem se importar com o protocolo da Casa, os servidores lotaram o plenário e fizeram apitaço.

Calma

O presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB), explicou que a manifestação era proibida e pediu paciência aos servidores, para que conseguisse cumprir o trâmite da sessão.

Tensão

As tratativas não foram das mais amigáveis e o presidente chegou a interromper a fala, dizendo que aguardaria o fim das manifestações para se pronunciar.

Alívio

O líder do Governo na Assembleia, Junior Mochi (PMDB), demorou, mas se pronunciou. Explicando que cabe a ele a “árdua e dura missão” de representar o Executivo, Mochi anunciou que o Estado se reuniria com os servidores e acabou sendo aplaudido pela platéia.

Provocação

À noite, quando parte dos servidores decidiu que dormiria no local, um dos assessores do deputado Pedro Kemp (PT), da oposição, ouviu de colegas que deixavam o local a brincadeira se nesta hora não estavam também apoiando os sindicalistas.

Apoio moral

O apoio nas negociações foi garantido, mas o assessor preferiu dormir em casa mesmo.

É o que tem para hoje

No Judiciário, cujos servidores chegaram a fazer um dia de paralisação, o aumento aprovado é de 6%, sem choro nem vela.

Senso comum

Defensor de um dos fazendeiros que tiveram terras ocupadas por índios kadiwéus no Pantanal saiu-se com essa ontem: "Duvido que tenha um índio capaz de interpretar uma decisão do STF", ao comentar a disputa judicial que vem desde 1987 pelas terras.

Ação complexa

A ação em questão tem mais de 200 participantes. Muitos já falecidos, entre eles o ex-senador e ex-prefeito de Campo Grande, Lúdio Coelho, morto no ano passado.

Confuso

Desde que mudou o acesso aos processos no site do Tribunal de Justiça, está chovendo ligação de advogados em dúvida com as novas regras, que incluem a necessidade de senha do processo. A reclamação é geral, mas o TJ reafirma que está apenas cumprindo o que determina o CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions