A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


08/03/2017 06:00

Jogada certeira do prefeito agrada vereadores

Waldemar Gonçalves

Protagonismo – Com a decisão do prefeito, Marquinhos Trad (PSD), de suspender o decreto que regulamenta as ‘caronas pagas’ e colocaria seus motoristas na clandestinidade, a Câmara Municipal de Campo Grande tomou para si o papel de protagonista a guiar o debate entre as partes afetadas pelo serviço.

Elogios – A decisão do chefe do Executivo, que ele próprio definiu como uma estratégia para fomentar o debate, inclusive, foi celebrada no parlamento. “Uma decisão acertada”, afirmou o presidente, João Rocha (PSDB). Para o também vereador tucano Junior Longo, presidente da Comissão de Transporte, essa era a única alternativa. “Era a única coisa a se fazer, tentou colocar a carroça na frente dos bois”, pontuou.

Prévia – O início oficial do debate para estabelecer novos termos e mudanças na regulamentação ocorreu ontem, durante sessão na Câmara. E já serviu para demonstrar que os ânimos podem ficar acirrados. Quando representante de uma associação de motoristas disse que era a favor de limitar o número de alvarás, foi alvo de críticas e de vaias dos presentes.

Sem aplausos ou vaias – Como presidente, João Rocha teve que intervir e, citando o regimento da casa, pediu para que não houvesse manifestações de aplausos ou gente vaiando. Entretanto, a situação voltou a se repetir pelo menos duas vezes, sendo necessária novas intervenções da mesa diretora.

Postergaram – Ficou para a semana que vem a decisão de abrir uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) com objetivo de investigar as concessões de táxi em Campo Grande. Ao que tudo indica, ela deve ficar para depois da audiência pública que definirá os rumos da regulamentação dos serviços de aplicativos de caronas remuneradas.

Será que vai? – O vereador líder do prefeito no Legislativo, Chiquinho Telles (PSD), diz não ser contra a abertura de investigação, mas reiterou questionamento sobre a medida. “Qual CPI que deu certo no Brasil inteiro? Temos que ouvir primeiro todas as partes para ela não nascer morta”, disparou.

Prefeito vovô – O prefeito é vovô. Lara nasceu às 7h40 de segunda-feira (6). Como é ser avô aos 52 anos, Marquinhos? "É amar o sentido da paternidade revivida pelo tempo e adocicada pela experiência. Ser avô é uma nova chance de rejuvenescer na vida".

Feliz no Face – A mãe de Lara é Andressa, filha do prefeito, casada com Murilo, como ele próprio comentou também no Facebook. “Chegou antes do previsto, mas já era esperada com muito amor. Seja bem-vinda, que Deus derrame muitas bênçãos sobre sua vida!”, disse Marquinhos.

Escorregou – Segundo a Wikipedia, o ex-governador Wilson Barbosa Martins morreu em 13 de agosto de 2014. Escorregão da enciclopédia mais famosa da internet. O saudoso político sul-mato-grossense, no entanto, ruma para completar 100 anos em junho próximo.

Consertar o joelho – Líder do PMDB na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Eduardo Rocha pedirá afastamento de 20 dias na casa para, segundo ele, ser submetido a uma cirurgia no joelho. Enquanto isto, o bloco peemedebista será liderado pelo colega Marcio Fernandes.

(com Leonardo Rocha, Mayara Bueno e Richelieu de Carlo)

Bonito quer bombar com shows gringos no Carnaval
Bombando - Empresários estão investindo pesado no Carnaval de Bonito 2018. Além da celebridade internacional Paris Hilton, uma das atrações em negoci...
Fábrica planeja investimento de meio bilhão em porto
Projeto ambicioso – Depois de inaugurar mais uma unidade em Três Lagoas, ampliando a produção de celulose, a Fibria negocia com a ampliação da estrut...
MS cumpre "regra de ouro" na finança pública
Melhor que os outros – Existe uma máxima em finanças públicas de que os governos, para não cair em estado de insolvência, não devem custear despesas ...
Reinaldo diz que ação contra o crime não pode ser só no RJ
Mal gerido – Neste ano, o Ministério da Justiça e Segurança Pública gastou R$ 185,77 milhões do FNSP (Fundo Nacional de Segurança Pública), conforme ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions