A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/05/2017 06:00

Juiz abre as portas para Ciro, que tenta atraí-lo ao PDT

Waldemar Gonçalves

Almoço para Ciro – A família Oliveira, que tem entre ‘figuras ilustres’ o juiz federal Odilon e o filho, Junior, abre as portas de sua residência no Jardim Bela Vista, uma das regiões mais nobres de Campo Grande, para receber o presidenciável Ciro Gomes em almoço com pouquíssimos convidados. Nos bastidores, a informação é de que o magistrado deve se filiar ao PDT.

Toga pelo palanque – O caminho é o mais provável, considerando que a legenda já abriga Odilon Junior, vereador em Campo Grande. O deputado federal Dagoberto Nogueira, que também é do PDT, lidera grupo que tenta convencer o juiz a trocar a toga pelos palanques eleitorais.

Investigação – Jornalistas estão sendo convocados pela Polícia Federal para prestar depoimentos sobre informações que foram divulgadas, em 2016, contra a coligação da então candidata Rose Modesto (PSDB) à Prefeitura de Campo Grande. Entre eles está o dono do jornal Correio do Estado, Antônio João Hugo Rodrigues, que falou aos federais na terça-feira (16).

Áudio – Conforme o advogado Laércio Arruda Guilhem, que representa Antônio João, a PF busca a fonte de áudio sobre suposta prisão de pessoas ligadas à campanha da tucana por suspeita de compra de votos no período eleitoral.

Nada de nada – O depoimento durou cerca de cinco minutos e o jornalista negou qualquer relação com a gravação. A prisão, também, nunca aconteceu.

Não vai fechar – O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), negou boatos de que os centros regionais de saúde do Tiradentes, Coophavilla II e Aero Rancho vão fechar. Estas unidades passam por um processo de avaliação para readequar o sistema de atendimento à população.

Belas Artes – Marquinhos aproveita viagem a Brasília, nesta quinta-feira (18), para tentar destravar recursos da conclusão do Centro de Belas Artes. A intenção é também definir se o projeto continuará da forma como está ou se mudará a finalidade, já que existe a possibilidade de o espaço, idealizado inicialmente como rodoviária, se tornar um centro de convenções.

Coração da cidade – O prefeito de Campo Grande também falou ontem, em agenda pública, sobre o Reviva Centro. Segundo ele, o projeto vai beneficiar principalmente moradores da periferia da cidade, já que estes são a maioria a visitar a região central da cidade. “(O Centro) é o coração. Ele bombeia sangue para toda cidade”.

Tom de cautela – Depois dos últimos acontecimentos envolvendo o ex-governador André Puccinelli (PMDB), o deputado estadual e correligionário Eduardo Rocha adotou tom de cautela no discurso. Para ele, o momento do PMDB não é de se posicionar sobre eventuais alianças para 2018.

Só em julho – Rocha é um dos interlocutores peemedebistas junto ao governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), vislumbrando possível chapa para disputa da reeleição do tucano ano que vem. Qualquer definição, diz Rocha, fica para 1º de julho, quando é esperado um anúncio oficial por parte de Puccinelli sobre seu futuro político.

(com Anahi Zurutuza, Mayara Bueno, Leonardo Rocha e Richelieu de Carlo)

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions