A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


10/09/2014 06:00

Lula, Marina e denúncias viram armas da campanha em MS

Edivaldo Bitencourt

Pesquisas – A tensão da campanha eleitoral deve aumentar nesta semana com a divulgação de novas pesquisas eleitorais. Pelo menos dois novos levantamentos devem ser concluídos e divulgados até amanhã, segundo o Tribunal Superior Eleitoral.

Os desafios – Líder nas pesquisas, o senador Delcídio do Amaral (PT) luta para conquistar o Governo no primeiro turno. Ele espera contar com a presença de Lula e da presidente Dilma Rousseff (PT) para ampliar a vantagem sobre os adversários e liquidar a fatura no primeiro domingo de outubro.

Denúncias – O tucano Reinaldo Azambuja aposta nas denúncias envolvendo a Petrobras, após a delação premiada de Paulo Roberto Costa, para desgastar os adversários e chegar ao segundo turno. Ele praticamente usou todo o horário eleitoral com ataques aos adversários.

Colado – Nelsinho Trad (PMDB) vai atrelar o nome à candidatura de Marina Silva (PSB). Além do depoimento de Beto Albuquerque, candidato a vice-presidente na chapa socialista, ele não cansa de repetir que representa a “nova política” defendida por Marina no Estado.

Senado – Com uma vaga em disputa, os candidatos ao Senado também apostam nas armas para vencer o pleito. Simone Tebet (PMDB) mantém a estratégia de mostrar os feitos na Prefeitura de Três Lagoas e de repetir a trajetória do pai, Ramez Tebet, para se sagrar vitoriosa em outubro.

Colado 2 – O petista Ricardo Ayache continua com a estratégia de colar na candidatura de Delcídio. Já o candidato Antônio João Hugo Rodrigues (PSD), dono do Correio do Estado, também aposta nos ataques à administração federal do PT.

Seis meses – O prefeito Gilmar Olarte (PP) está ansioso para comemorar, na sexta-feira (12), seis meses de mandato. “Sou um sonhador e tenho visto os sonhos se tornarem realidade. Estou muito tranqüilo em relação ao meu trabalho”, afirmou, ontem de manhã, durante inauguração da ampliação do Sesc Lajeado.

Troca troca – O presidente da Fecomércio, Edison Araújo, pediu a pavimentação do acesso à unidade do Sesc no Bairro Lajeado. “Já que pediram asfalto e lei, eu vou pedir para o Sesc construir outras áreas também”, reagiu Olarte, que pretende incrementar a parceria entre o poder público e a Federação do Comércio.

Revitalização – O Sesc pode ser parceiro da Prefeitura da Capital na revitalização da Morada dos Baís, no Centro. Até uma equipe já teria sido definida para estudar o assunto e viajado a Cuiabá para analisar projetos semelhantes.

Nova guerra santa – A polêmica sobre a Quinta Gospel vai ganhar força de novo. Vereadores evangélicos prometem montar uma trincheira para manter a lei que restringe as apresentações aos cantores evangélicos. E os defensores do estado laico podem aprovar a transformação do evento em Quinta Cultural.

(colaborou Kleber Clajus)

Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...


Tanto Dilma quanto Marina jogam do mesmo lado, se uma ou outra ganhar, sinto muito para nós moradores desse país =/
 
Cyro Escobar Ribeiro Neto em 10/09/2014 13:18:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions