A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


10/09/2014 06:00

Lula, Marina e denúncias viram armas da campanha em MS

Edivaldo Bitencourt

Pesquisas – A tensão da campanha eleitoral deve aumentar nesta semana com a divulgação de novas pesquisas eleitorais. Pelo menos dois novos levantamentos devem ser concluídos e divulgados até amanhã, segundo o Tribunal Superior Eleitoral.

Os desafios – Líder nas pesquisas, o senador Delcídio do Amaral (PT) luta para conquistar o Governo no primeiro turno. Ele espera contar com a presença de Lula e da presidente Dilma Rousseff (PT) para ampliar a vantagem sobre os adversários e liquidar a fatura no primeiro domingo de outubro.

Denúncias – O tucano Reinaldo Azambuja aposta nas denúncias envolvendo a Petrobras, após a delação premiada de Paulo Roberto Costa, para desgastar os adversários e chegar ao segundo turno. Ele praticamente usou todo o horário eleitoral com ataques aos adversários.

Colado – Nelsinho Trad (PMDB) vai atrelar o nome à candidatura de Marina Silva (PSB). Além do depoimento de Beto Albuquerque, candidato a vice-presidente na chapa socialista, ele não cansa de repetir que representa a “nova política” defendida por Marina no Estado.

Senado – Com uma vaga em disputa, os candidatos ao Senado também apostam nas armas para vencer o pleito. Simone Tebet (PMDB) mantém a estratégia de mostrar os feitos na Prefeitura de Três Lagoas e de repetir a trajetória do pai, Ramez Tebet, para se sagrar vitoriosa em outubro.

Colado 2 – O petista Ricardo Ayache continua com a estratégia de colar na candidatura de Delcídio. Já o candidato Antônio João Hugo Rodrigues (PSD), dono do Correio do Estado, também aposta nos ataques à administração federal do PT.

Seis meses – O prefeito Gilmar Olarte (PP) está ansioso para comemorar, na sexta-feira (12), seis meses de mandato. “Sou um sonhador e tenho visto os sonhos se tornarem realidade. Estou muito tranqüilo em relação ao meu trabalho”, afirmou, ontem de manhã, durante inauguração da ampliação do Sesc Lajeado.

Troca troca – O presidente da Fecomércio, Edison Araújo, pediu a pavimentação do acesso à unidade do Sesc no Bairro Lajeado. “Já que pediram asfalto e lei, eu vou pedir para o Sesc construir outras áreas também”, reagiu Olarte, que pretende incrementar a parceria entre o poder público e a Federação do Comércio.

Revitalização – O Sesc pode ser parceiro da Prefeitura da Capital na revitalização da Morada dos Baís, no Centro. Até uma equipe já teria sido definida para estudar o assunto e viajado a Cuiabá para analisar projetos semelhantes.

Nova guerra santa – A polêmica sobre a Quinta Gospel vai ganhar força de novo. Vereadores evangélicos prometem montar uma trincheira para manter a lei que restringe as apresentações aos cantores evangélicos. E os defensores do estado laico podem aprovar a transformação do evento em Quinta Cultural.

(colaborou Kleber Clajus)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



Tanto Dilma quanto Marina jogam do mesmo lado, se uma ou outra ganhar, sinto muito para nós moradores desse país =/
 
Cyro Escobar Ribeiro Neto em 10/09/2014 13:18:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions