A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


04/04/2015 07:00

PCC troca comando e deixa polícia de MS em alerta

Edivaldo Bitencourt

Reforma política – A senadora Simone Tebet (PMDB) defende o fim das coligações proporcionais no Brasil. Para a peemedebista, a medida vai baratear as campanhas eleitorais para vereadores e deputados. Também vai eliminar os pequenos partidos.

Reeleição – Simone também defende o fim da reeleição nos cargos do executivo. “A reeleição foi necessária para consolidar a democracia num período em que o Brasil recuperava a estabilização econômica e política, mas agora contribui para corrupção eleitoral”, defendeu a senadora.

Astro – O deputado federal Marco Feliciano, 42 anos, está em Campo Grande para participar da 24ª Escola Bíblica de Campo Grande . Famoso pelo embate com os homossexuais, o pastor participa de evento “Família – um projeto de Deus”. No entanto, a passagem pela Capital foi discreta.

Silêncio – A morte de Thomaz Alckmin, filho do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), passou em branco nas redes sociais da bancada federal do Estado. Nenhum senador ou deputado federal fez referência à tragédia nas redes sociais.

Voz do povo – A Câmara Municipal de Campo Grande promoverá três audiências públicas neste mês. Uma vai debater a polêmica envolvendo o Instituto Mirim, que pode deixar de ser ONG e voltar para a prefeitura como fundação. A segunda debaterá a segurança nas escolas.

De volta – A terceira audiência pública vai debater o fim das tradicionais sacolinhas plásticas de supermercados. A proposta é substituí-las por materiais biodegradáveis, que não destroem o meio ambiente. O debate será no dia 13 de abril.

Sob nova direção – Há 15 dias, a facção criminosa surgida nos presídios paulistas, o PCC (Primeiro Comando da Capital), trocou o comando em Mato Grosso do Sul. O novo comandante assumiu sem derramar sangue, segundo informações investigadas pelo serviço de inteligência das forças de segurança.

Em alerta – A troca de comando no PCC voltou a deixar os agentes penitenciários e policiais em estado de alerta máximo no Estado. A principal dúvida é o perfil do novo chefe do grupo criminoso – mais conciliador ou radical. A mudança ocorre em meio ao temor de rebeliões nos principais presídios da Capital e do interior.

E o Bernal? – A grande dúvida entre alguns vereadores é como está a relação entre o vereador Marcos Alex (PT) e o ex-prefeito Alcides Bernal (PP). De defensor incansável e ardoroso, o petista passou a ser um dos aliados de Gilmar Olarte (PP) no legislativo municipal. Durante visita ao Autódromo Internacional, Alex foi o único vereador a acompanhar o atual prefeito.

De olhos – Os petistas estão acompanhando “mais de perto” a administração municipal. Na tarde de quinta-feira, o vereador Ayrton Araújo (PT), de bermudas, foi conferir pessoalmente o andamento da obra da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida. A unidade teve a entrega adiada pela terceira vez nesta semana.

(colaborou Aline dos Santos, Kleber Clajus e Michel Faustino)

Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions