A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


02/06/2015 06:00

PMDB repete estratégia que não deu certo em 2012

Edivaldo Bitencourt

Feriadão – Pela segunda vez, os servidores públicos estaduais vão enforcar a sexta-feira e emendar o feriado de Corpus Christi. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) repetiu a medida anterior e vai exigir a reposição das horas de folga após o feriado.

Para ficar – A decisão do governador veio para confirmar a mudança nos costumes da administração pública estadual. A partir de agora, os servidores públicos terão a oportunidade de ter uma folga extra, mas a administração estadual não vai deixar de dar atenção especial à prestação de serviço ao cidadão.

Pesquisa – O PMDB fez reunião nesta segunda-feira para dar início às articulações visando as eleições municipais de 2016. O critério será o mesmo adotado nas últimas eleições: pesquisas quantitativas e qualitativas vão definir o candidato peemedebista nas principais cidades.

Sem garantia – No entanto, a pesquisa não é garantia de sucesso nas urnas. O PMDB fracassou na última tentativa em Campo Grande, quando optou por Edson Giroto para disputar a sucessão de Nelsinho Trad. Ele perdeu no segundo turno para o azarão Alcides Bernal (PP).

Coringa – A decisão do PMDB pode obrigar o ex-governador André Puccinelli a disputar a sucessão de Gilmar Olarte (PP). Ele é o favorito nas sondagens extra oficiais e é o único em condições de enfrentar o deputado estadual Marquinhos Trad, que está de malas prontas para deixar a sigla.

Sinal – Aliás, a ausência da família Trad na reunião do PMDB foi o principal sinal de que ela vai tomar outro rumo nas eleições de 2016. Marquinhos e o ex-deputado federal Fábio já anunciaram a intenção. Ontem, até Puccinelli passou a dar como certa a saída de Nelsinho Trad, candidato do partido a governador na eleição passada.

Único – Com a debandada dos Trad, André Puccinelli passou a ser o único coordenador do processo eleitoral na Capital, maior colégio eleitoral e que o partido ficou no comando por últimos 20 anos. O ex-governador até se mostrou conformado. “Só ficou eu”, afirmou ao chegar para encontro no diretório regional da sigla.

Na Justiça – O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, voltou a destacar que vai à Justiça contra as acusações e patrocinadores da crise na administração municipal. “E vamos continuar fazendo um governo com responsabilidade”, prometeu, durante inauguração do SESC Saúde.

Apoio – Olarte agradeceu o apoio de Reinaldo Azambuja. Para o progressista, o governador não lhe faltou nos momentos difíceis e comparou a situação com o “massacre” sofrido pelo tucano durante a campanha eleitoral do ano passado.

Sufoco aéreo - Os passageiros do vôo 1238, da Gol, entre eles o deputado federal Vander Loubet (PT) e um grupo de executivos do Sicredi, ficaram “presos” dentro da aeronave sem ar condicionado, ontem a noite no aeroporto de Brasília, por pelo menos meia hora. Foi preciso fazer uma espécie de gambiarra para o sistema de refrigeração funcionar. O conserto definitivo estava previsto para Campo Grande.

(colaborou Lidiane Kober, Juliana Brum e Leonardo Rocha)

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions