A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/03/2016 06:00

Protesto supera atos de 2015, apesar de poucos políticos

Priscilla Peres

Quietos - Em dia de protestos contra o governo Dilma Rousseff (PT) por todo o país, figuras importantes da política sul-mato-grossense preferiram não se manifestar. O ex-governador André Puccinelli (PMDB), o ex-prefeito de Campo Grande Nelson Trad Filho (PTB), o prefeito Alcides Bernal (PP) e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), não foram e nem publicaram nas redes sociais.

Ausente - O governador Reinaldo Azambuja também não compareceu ao evento de filiação do deputado estadual Marquinhos Trad, no PSD, que ocorreu no sábado. O secretário de administração, Carlos Alberto Assis foi em seu lugar e justificou que Reinaldo viajou e cancelou compromissos para comemorar o aniversário da esposa.

Animado - Diferente dos outros atos, a manifestação de ontem em Campo Grande, foi marcada pela animação. Escola de samba, trio elétrico e show musical foram atrações do protesto que durou mais de três horas.

Poucos - Os deputados Geraldo Resende (federal) e Renato Câmara (estadual) e o vice-prefeito Odilon Azambuja, todos do PMDB, foram os únicos políticos a caminhar entre os manifestantes durante o protesto em Dourados. Odilon teve presença mais ativa, mas os outros apenas circularam entre a multidão e passaram bem longe da linha de frente.

Minoria - Em Campo Grande, também foram poucos os políticos que marcharam na avenida Afonso Pena. Foi sentida a ausência de vereadores, deputados e prefeitos. Entre os secretários estaduais, foram vistos pelas equipes de reportagem, o titular da Fazenda, Marcio Monteiro e de Administração, Carlos Alberto Assis.

Para menos - A organização do protesto de Campo Grande revisou para baixo o número de participantes, no fim do ato. Depois de saber que a Polícia Militar estimou em 60 mil pessoas, os organizadores baixaram de 150 para 100 mil a quantidade de adeptos.

Condenado - O ex-deputado estadual Sérgio Assis, condenado a seis anos de prisão em dezembro do ano passado, pelo envolvimento em escândalo sexual com adolescentes, participou do protesto de ontem. Junto com a esposa e usando uma camisa verde e amarelo ele pedia o fim da corrupção.

Quantidade - A manifestação deste 13 de março conseguiu levar mais gente às ruas do que no mesmo mês do ano passado, quando iniciaram os protestos contra o governo da presidente Dilma Roussef (PT). Pelo levantamento da Polícia Militar, foram 25 mil pessoas a mais neste ano.

Esvaziado - O ato de filiação de Marquinho Trad foi marcado também pela ausência de nomes importantes da política. Só estiveram o ex-prefeito Nelson Trad Filho e o deputado federal Luis Henrique Mandetta (Dem), irmão e primo dele. Diferente de outros eventos do tipo, que reuniram vários políticos.

Pacífico - Durante seu discurso, Nelsinho lembrou do legado deixado pelo pai, Nelson Trad, e falou da relação com seu irmão. “ Meu pai nos ensinou que a família vem em primeiro lugar. Eu e o meu irmão vamos caminhar juntos”, dando a entender que não deve disputar a prefeitura contra Marquinhos.

(Colaboraram Michel Faustino,  Antônio Marques e Helio de Freitas)

Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions