A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


23/02/2011 06:00

Erramos

Jogo Aberto

A primeira audiência do governador André Puccinelli (PMDB), assim que retornou de férias, no início do ano, foi com o líder da oposição, deputado Cabo Almi (PT). No pacote algumas nomeações, sugeridas pelo parlamentar petista.

Puccinelli deve dificuldade, no final do ano, para convencer seu pupilo, Mário Sérgio Lorenzetto, a continuar no governo. O secretário pretendia se aposentar, largando as finanças do Estado. O governador o considera imprescindível.

Ao ganhar uma camiseta da Cicgoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) ontem, o governador André Puccinelli disse que se colocasse uma mascara de ninja se sentiria do próprio Bope. Ao fundo alguém gritou: “Capitão Nascimento, senhor!”.

O governador contou que nunca teve arma de fogo, pois sempre foi muito estourado, mas agora está mais calmo, com os filhos criados e cuidando dos netos. Sobre a nova fase, o governador disse que um eleitor o parou na rua e disse que ela estava “liguite”. Educado, o governador perguntou como se escrevia a tal palavra e descobri que o rapaz queria dizer ligth.

Esposa do vice-presidente do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral), Desembargador Joenildo de Sousa Chaves, Clarice Maciel Sousa Chaves, de 66 anos, é assessora técnica da Assembleia Legislativa e foi designada para responder pela Escola do Legislativo.

As conversas para a formação do bloco de oposição não avançaram com o PT. Diante do entrave, o deputado Alcides Bernal (PP) chegou a declarar que o PT é o “Partido Eu Sozinho”.

Apesar de não ser santista, o deputado Carlos Marun (PMDB) seguiu o exemplo do presidente da Acrissul (Associação de Criadores de MS), Francisco Maia, e fez analogia com o time da Vila Belmiro ao falar sobre a proibição de shows no Parque Laucídio Coelho. “Luan Santana não tem onde se apresentar. É a mesma coisa que na Era Pelé, o Santos não ter estádio de futebol", afirmou.

Jornalista da Rádio Globo perguntou ontem ao técnico do Vasco, Ricardo Gomes, se jogar contra um time “sem expressão”, como segundo o repórter é o Comercial, era o mesmo que “bater em bêbado”. Cauteloso, o treinador disse que é preciso cuidado com os times pequenos, porque a história mostra que eles podem surpreender.

O site Globoesporte.com contribuiu para a eterna confusão entre MT e MS ao passar a falsa informação de que o Vasco viajou para Cuiabá para enfrentar o Comercial. Na verdade, o time veio para Campo Grande, onde acontece a partida.

O Jogo Aberto errou. É realmente uma mulher que administra Ramallah (Palestina, Cisjordânia) e será homenageada pelo presidente da Câmara, Paulo Siufi (PMDB). A confusão aconteceu porque uma quantidade muito grande de sites e jornais, inexplicavelmente, tratam Janet Mikhail como “prefeito”.

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


na minha opinião, o governador andre puccinelli tem que saber lidar tanto com a oposição tanto com a situação, não é por isso que deixamos de ter uma oposição politica diferenciada, temos adversarios e não inimigos, o governadorr tem q olhar todas as pessoas e saber lidar com as criticas e com as opiniões de todos os partidos da casa de leis.
 
Gustavo Henrique em 27/02/2011 12:00:17
Nada contra muito menos a favor. Mas venhamos assumir escola de legislativo aos 66 anos de idade. Não duvido da competência, mas questiono a ética da atitude.
 
Orlando Lero em 23/02/2011 04:51:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions