A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


26/12/2012 06:00

Quietinho

Depois de se colocar como candidato à presidência da Câmara de Vereadores, o vereador Jamal Salem decidiu adotar o silêncio. Nos últimos dias, ele até atendeu aos telefonemas da coluna, mas em três oportunidades, saiu pela tangente, prometendo e não retornando as ligações.

Opções
Das duas uma: ou o vereador não tem segurança do projeto dele ou decidiu adotar o mistério para não atrapalhar a candidatura.

Dia D
Para ser presidente, Jamal precisa do apoio do “Grupo dos 18”, que reúne vereadores de vários partidos em torno de uma candidatura única, que ainda não foi definida. O grupo se reúne hoje para tratar do assunto.

Anúncio
Apesar de a reunião decisiva estar prevista para hoje, os vereadores só devem divulgar seu escolhido entre quinta e sexta-feira.

Sem nomes
O prefeito eleito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), mantém o mistério sobre os nomes que vão formar sua equipe. Nenhum deles foi divulgado ainda, diferente de outros prefeitos eleitos, como Paulo Duarte, que já anunciou todo o seu secretariado e até já aprovou medidas na Câmara de Vereadores.

Adesão

Não foram poucas vezes que o governador André Puccinelli (PMDB) reclamou, neste ano, do gasto que o Estado tem com presos “federais”. Agora, ganhou o apoio Covep (Coordenadoria das Varas de Execução Penal do Estado de Mato Grosso do Sul), criada pela Justiça para cuidar do cumprimento de penas no Estado e reduzir problemas no sistema penitenciário. O órgão pediu providências sobre o assunto ao Ministério Público, na esfera estadual e na federal.

Custo detento
Levantamento feito pela Covep indica que, por ano, cada preso federal que está em presídios mantidos pelo estado representa custo de R$ 1,4 mil. A título de comparação, são mais do que dois salários mínimos por mês, já considerando o valor que vale a partir de janeiro.

 

A festa em família dos Trad (Foto: Reprodução Facebook)A festa em família dos Trad (Foto: Reprodução Facebook)

No Face
O prefeito de Campo Grande repetiu o comportamento da maioria dos internautas ontem: postou no Facebook foto da ceia em família, na casa da mãe, dona Terezinha.

Tá valendo
Nelsinho pediu desculpas aos internautas ela qualidade da fotografia, que está desfocada, “por causa da bagunça”, mas acentou que o momento exigia registro.

Xodó
Neste ano, a reunião em família dos Trad teve um novo ingrediente, o neto de Nelsinho, Raphael. “Não desgrudei do meu netinho Raphael, a alegria da nossa família”, escreveu.

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions