A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


10/10/2019 06:00

Rejeitado, historiador ganha cargo com índios

Ângela Kempfer
Lixo amontado em esquina do Fórum de Campo Grande. (Foto: Direto das Ruas)Lixo amontado em esquina do Fórum de Campo Grande. (Foto: Direto das Ruas)

Cabidão - Depois de ser nomeado para comandar a Superintendência do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) em Mato Grosso do Sul e ter a indicação revogada 24 horas depois, o historiador Eldo Elcídio Moro finalmente encontrou “um cantinho”.

Cacique - Passados 20 dias do cancelamento da nomeação ao Instituto, Eldo foi designado pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para a função de coordenador distrital de Saúde Indígena no Estado. A deputada federal Rose Modesto (PSDB) estaria por trás da indicação, que custou o cargo de Fernando da Silva Souza, agora exonerado.

Se deu bem - Para ele, foi um super negócio. Eldo Moro vai receber salário de R$ 10.373,30 na Secretaria Especial de Saúde Indígena, quase o dobro dos R$ 5.685,55 que ganharia como superintendente do Iphan, que continua sob o comando fa arquiteta Maria Clara Mascarenhas Scardini desde julho de 2017.

Lenços - Compostas 100% por homens, as bancadas da Assembleia Legislativa também entraram na campanha "Doe Lenços", que serão repassados às mulheres que estão em tratamento de câncer. "Essa é uma campanha mundial de conscientização sobre a importância do autoexame e da desmistificação do tratamento do câncer, que muitas vezes tem cura", disse o deputado Lídio Lopes (Patri), que revelou que as demais Assembleias de todo Brasil também estão realizando esta iniciativa.

Câncer dose dupla - O deputado Zé Teixeira (DEM) aproveitou o evento para contar que já conseguiu vencer a doença (câncer), descoberta há dois anos. "Venci um câncer de rim e um câncer de próstata. Temos que fazer nossos exames regularmente para cuidar da saúde, pois as chances de cura são grandes se descoberto cedo e tendo acesso ao tratamento. É triste ver que tem localidades em que as pessoas demoraram muito para conseguir o tratamento", revelou o democrata.

Sem trégua - Projeto no Senado defende que revogação da prisão preventiva de agressor de mulheres ocorra apenas mediante um laudo psicológico. A proposta já foi aprovada pela Comissão e Constituição e Justiça e, se passar no plenário, a medida deve ser aplicada, independentemente, de fixação de fiança.

Conectados - Pesquisa divulgada ontem aponta que metade das pessoas na faixa etária entre 18 e 49 anos já usa o smartphone para acessar os serviços bancários e financeiros. Entre as pessoas de 30 a 39 anos, o percentual sobe para 65% dos entrevistados.

Casa de ferreiro ...- Bem na frente do Fórum de Campo Grande, onde correm processos conta o cidadão que desrespeita o meio ambiente, por exemplo, leitor da coluna flagrou, nesta semana, montanha de lixo jogada na esquina. Os sacos e caixas estavam amontados, atrapalhando, inclusive, a passagem de pedestres.

...Espeto é pau - Pelas regras que começaram a funcionar neste ano, os grandes geradores públicos de resíduos também deveriam ficar responsável pela própria coleta e destinação dos seus rejeitos. Mas, conforme apuração da coluna, o serviço continua a cargo do poder público.

Na última hora - Estratégia, ou não, o fato é que as denúncias que o Gaeco está fazendo derivadas da Operação Omertà só estão chegando à Justiça bem no fim do expediente. Por enquanto, a investigação foi desmembrada em duas denúncias, mas ainda há 11 investigados que não foram enquadrados nelas.

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions