A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


13/09/2016 06:00

Rotina militar e cultos: a vida de Olarte na prisão

Waldemar Gonçalves

Ministra – A posse da ministra Cármen Lúcia na presidência do STF (Supremo Tribunal Federal), ontem, rendeu pelo menos mais um dia de prisão ao casal Gilmar e Andreia Olarte. É que está na mão da magistrada o pedido de liberdade de ambos, presos desde meados de agosto em Campo Grande.

Rotina militar – Preso há quase um mês, Gilmar Olarte é o único civil entre os 30 que vivem atualmente no Presídio Militar Estadual. Ocupa uma cela com mais três homens e, pastor que é, tem usado uma capela na unidade prisional para pequenos cultos, além de passar o tempo ajudando na cozinha e afazeres do dia-dia da prisão, com uma rotina militar que inclui horários bem definidos para as refeições.

Primeiro embate – Acontece hoje, às 8h, o primeiro debate em que candidatos à Prefeitura de Campo Grande poderão fazer perguntas uns aos outros. Promovido pela ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública), o evento é divulgado como oportunidade para profissionais da área analisarem propostas dos postulantes a prefeito.

Protocolo – O Campo Grande News entrou em contato com todos os candidatos para confirmar a presença e perguntar sobre o que esperam do debate. A maioria não fugiu do discurso protocolar de “vamos aproveitar o evento para apresentar nossas propostas”.

Do contra – Dos 15 que disputam o pleito, apenas um não estará na sabatina. Adalton Garcia (PRTB) diz ser contrário à “metodologia” do evento, que suas propostas para a educação estão definidas e sua participação não traria nenhuma mudança em sua “concepção” nem na dos que estarão presentes.

Maior exposição – O candidato do PRTB, talvez, poderia seguir o exemplo do adversário Suél Ferranti (PSTU). Com a experiência de quem está pela quarta vez na disputa pela prefeitura, Suél diz que o debate é uma ótima oportunidade para expor suas propostas. “Terei um tempo muito maior do que os quatro segundos que tenho na TV”, conclui.

Ativo – O senador Pedro Chaves (PSC-MS) mostra que gostou mesmo da atividade parlamentar. “Como municipalista, fico muito orgulhoso que meus gabinetes de Campo Grande e de Brasília tenham se transformado numa extensão das câmaras de vereadores e das prefeituras do meu Estado. Nessa semana vou visitar vários municípios para apoiar amigos e amigas que estão disputando essas eleições”, postou ele ontem, no Facebook.

Pequenos empresários – O Sebrae lançou um site para que candidatos a prefeito em Mato Grosso do Sul firmem compromisso com o desenvolvimento e fomento dos pequenos empresários. Principalmente em relação a leis que já existem e devem ser seguidas pelos gestores municipais na hora de compras e políticas públicas.

Consulta pública – Os candidatos que se comprometerem com os pequenos negócios terão seus nomes divulgados neste site do Sebrae, para que empresários e eleitores em geral possam conferir quem aderiu a esta iniciativa. Outras entidades e instituições também buscam os candidatos para firmarem acordo antes da eleição.

Mais um – O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) lança na próxima sexta-feira (16) as atividades alusivas à Semana Nacional de Trânsito em Mato Grosso do Sul. O tema é “Eu sou mais um por um trânsito mais seguro”. O ‘desafio’ é que cada cidadão dê o exemplo nas ruas, com atitudes preventivas focando redução no número de acidentes e mortes.

(com Leonardo Rocha, Richelieu de Carlo e Anahi Zurutuza)

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions