A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


12/04/2013 06:00

Show incomoda doente na UTI, mas não MPE

.

Fofocas – Os vereadores Grazielle Machado (PR) e Eduardo Romero (PTdoB) continuam alimentando os fofoqueiros de plantão. Durante a sessão de ontem, o casal passou a sessão trocando telefones celulares e cochichando. Mas o mistério continua, é namoro ou amizade?

Lei do Silêncio/UTI – O vice-presidente da Acrissul, Jonathan Barbosa, cutucou o MPE, que não entra com ação contra os shows no Parque das Nações Indígenas. Ele disse que até quem está internado na UTI do Hospital da Unimed “suporta” o barulho dos shows no parque, que acontecem quase todos os domingos.

Carnaval – O juiz da Vara de Direitos Difusos, Amaury da Silva Kuklinski, também cutucou os promotores na decisão que liberou a realização de shows na Expogrande. Ele disse que considera estranho o MPE não ter movido nenhuma ação contra o carnaval na Praça do Papa, apesar da região ser “imensamente” habitada.

Guerra de poderes – A PEC 37 colocou em campos opostos os delegados e promotores. Enquanto os promotores lançam manifesto, às 9h de hoje, contra a proposta que tira o poder de investigação do grupo, os policiais civis batem tambores em defesa da medida que tira o poder de investigação do MPE.

Sem creche – O Tribunal de Justiça vai desativar a creche que atendia as crianças dos servidores a partir do segundo semestre deste ano. A partir de agora, o órgão vai pagar auxílio-educação infantil. Até ontem, 260 servidores já se habilitaram a receber o benefício. A meta é contemplar 500 funcionários.

Pacote – O prefeito Alcides Bernal (PP) prepara o primeiro “pacote de obras”. O objetivo é lança-lo no dia 21 de abril deste ano, domingo e feriado de Tiradentes, quando completa 111 dias de gestão. O progressista quer marcar o número 11, do partido, nos atos da prefeitura da Capital, já pensando na reeleição, daqui quatro anos.

Apartamento – A imprensa segue firme tentando descobrir o novo apartamento do prefeito Alcides Bernal, do Condomínio Parque das Nações, atrás do Shopping Campo Grande. Teve jornalista que até tentou pagar “gorjeta” para o porteiro e guarda do residencial para descobrir que o apartamento do prefeito é o de número 9.

Estacionamento – Não bastasse a redução nas vagas para estacionamento na Expogrande, o valor do serviço está nas alturas. Alguns pontos estão cobrando espantosos R$ 20 para guardar o veículo durante o show no Parque de Exposição. É dinheiro suficiente para comprar dois espetinhos da melhor qualidade em qualquer barraca na periferia.

Ausente – A base de Alcides Bernal na Câmara Municipal ficou reduzida a dois vereadores ontem: o líder, Marcos Alex, e Gilmar da Cruz. Ou seja, além de pequena e inexperiente, a base aliada tomou doril.

Aliado – O prefeito Alcides Bernal vê digitais do antigo aliado nas dores de cabeça dos últimos dias. Ele citou nominalmente o partido ao falar do complô para desestabilizá-lo no cargo, já que Waldir Neves, o relator na corte fiscal, foi tucano e seria ligado ao dirigente estadual do partido, Reinaldo Azambuja. E, se Bernal tivesse ouvido os tucanos antes de nomear o secretariado, poderia ter menos dor de cabeça.

Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...


engraçado gastão-se bilhões para fazer uma estrutura daquela e depois não podem usa-la ......shows na praça do papa pode ? e lá tem mais moradores do que em volta do parque de exposições..queremos só ver quando sair aqueles apartamentos ali na frente
..más isso e pura politica....... é que na verdade ao redor do parque de exposições só mora gente importante...igual nos altos da Afonso Pena...
por que não parão com aquela baderna em frente ao aeroporto? por que lá não mora gente importante? más na hora da eleição eles vão lá né....
o ano tem 365 dias a expogrande tem duração de cerca de 10 dias ......é isso ai pessoal continue pagando seus impostos para que eles construirem outro local para eventos afastado da cidade quem sabe proximo ao lixão.
 
Flavio Prazeres em 12/04/2013 11:18:23
Lei do Siloêncio/UTI - CHUPA MPE!!
Como da outra vez a Acrissul zomba do poder do MPE após a liberação da sua baderna e desrespeito a lei.
 
ricardo rodrigues em 12/04/2013 09:03:40
Veremos o que o Sr Bernal fará até o meio do ano. Pois muitos já cogitam IMPEACHMENTI contra ele. O que ele PROMETEU ele tem que CUMPRIR. Porque falar BONITO todo mundo fala. Mais de 50% da população daqui está insatisfeita. Algo está MUITO ERRADO. Bate boca e brigas não levam cidade nenhuma a lugar algum. É preciso MATURIDADE e sabedoria, gestão. Vamos ver né Sr Bernal, o que o Sr tem na manga..
 
ANA MARQUES em 12/04/2013 07:30:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions