ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 22º

Jogo Aberto

Sindicato tenta justificar sumiço de agentes do Detran

Por Ângela Kempfer | 02/01/2024 06:00
Pai leva filho em bicicleta dividindo espaço com veículos. (Foto: Henrique Kawaminami)
Pai leva filho em bicicleta dividindo espaço com veículos. (Foto: Henrique Kawaminami)

Procurados - O “sumiço” de agentes do Detran no último domingo, dia de fechamento do Parque dos Poderes para pedestres, ainda deve dar pano para manga porque o grupo está em negociação salarial com o órgão. Por coincidência ou de propósito, o fato é que nenhum funcionário aceitou trabalhar no dia em que tradicionalmente o lugar é interditado para o projeto Amigos do Parque. A pratica de atividades esportivas ficou comprometida até a Policia Militar interditar os acessos.

Não sou obrigado - Após a publicação pelo Campo Grande News de imagens e depoimentos sobre o caos provocado pela ausência dos agentes, com pessoas andando de bicicleta, correndo e se exercitando em meios aos veículos, o sindicato que representa a categoria publicou nota sobre o assunto. A entidade não esclareceu de maneira direta qual foi o motivo da ausência no domingo, mas garante que essa não é uma obrigação.

Me devolve - O Sindetran considera a colaboração no projeto Amigos do Parque como desvio de função, reclamando que ocorre ao mesmo tempo em que o Departamento tira dos servidores o que realmente é responsabilidade dos agentes, como as vistorias de veículos, atualmente terceirizadas no Estado. “Inclusive pagando (enquanto dificultam o próprio servidor de as exercer)”, escreveu o Sindicato.

Desvio coisa nenhuma - O diretor-presidente do Detran, Rudel Trindade, teve de interromper as férias para arrumar alguém que interditasse o Parque dos Poderes. Sobre as reclamações do Sindicato, ele diz que a entidade usa das situações eventuais para contaminar de ideologias as negociações e interesses dos servidores. "Não há desvio de função, pois a função do Agente de Segurança Viária é promover e garantir a segurança Viária. É exatamente o que é feito aos fins de semana no Parque dos Poderes", explica

No Instagram - Romantismo no ar na virada do ano da política sul-mato-grossense. Os posts, na maioria, foram com a esposa ou o marido. A prefeita Adriane Lopes (PP) pegou carona no trend “Entrando 2024 com a mesma pessoa de 2023”. Com beijo no esposo, o deputado estadual Lídio Lopes, também desejou felicidades a todos.

Na fazenda - O ex-governador Reinaldo Azambuja (PSDB) também postou foto ao lado da mulher Fátima, direto da fazenda da família. “Na vitória a gente cresce; nas dificuldades a gente aprende e se capacita. Assim foi 2023, um tempo de viver intensamente cada momento”, escreveu.

Na natureza - Com cachoeira de cenário, o atual governador Eduardo Riedel (PSDB) também escolheu a esposa Mônica para marcar a chegada de 2024 e deixar uma mensagem para o ano que começa. “A combinação certa pra recarregar as energias pro novo ano que se inicia”, postou.

No lucro - Os planos de saúde terminam o ano com uma grana boa a comemorar. Bateram o recorde de adesões no País, apesar de também estarem entre os primeiros em reclamações de usuários. Os planos ganharam 941 mil novos beneficiários na modalidade médico-hospitalar, chegando à marca de 51,1 milhões de coberturas. Os números são da Federação Nacional de Saúde Suplementar.

Dá pra emendar - Com frequência as delegacias de polícia divulgam os dias em que fecham as portas para atendimento ao público por conta das dedetizações. Quase sempre o serviço é feito “colado” no fim de semana. Entre outubro e dezembro deste ano, foram ao menos oito delegacias de portas fechadas, sempre às sextas-feiras. “Ressaltamos que esta é uma medida necessária para garantir a segurança e o bem-estar de todos os frequentadores do prédio”, afirmam as notas de aviso encaminhadas à imprensa.

E 2024? - O Google Trends revelou que na América do Sul o brasileiro é o mais interessado por 2024. Entre as perguntas mais feita ao Google em dezembro a primeira foi “Quantos dias faltam para 2024?”. O segundo lugar, claro, ficou com a festa mais esperada no País: “Quando é o Carnaval em 2024”. Só em terceira posição entrou algo de extrema relevância para a população: “Qual é valor do salário mínimo para 2024?”

Nos siga no Google Notícias