ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 21º

Jogo Aberto

Só aluguel para diplomação de eleitos custará quase R$ 50 mil

Ângela Kempfer e Gabriela Couto | 08/09/2022 06:00
Interior do espaço alugado para o evento de diplomação, em Campo Grande. (Foto: Reprodução)
Interior do espaço alugado para o evento de diplomação, em Campo Grande. (Foto: Reprodução)

Diplomação - O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul já garantiu data, local e hora para a diplomação dos eleitos em 2022. Conforme extrato de contrato publicado no Diário Oficial da União nesta semana, a cerimônia será no Ondara Buffet Palace, no dia 19 de dezembro. O preço é salgado: só locação do espaço custou R$ 49,5 mil para os cofres do Judiciário.

MS na Esplanada - O desfile de tratores nas comemorações do 7 de Setembro, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, foi negociada pelo pecuarista sul-mato-grossense Júlio Nunes. Segundo o jornal Folha de São Paulo, foi ele quem se reuniu com representantes do Exército e do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) para conseguir autorização para a manifestação pró Bolsonaro.

Bandeira gigante - Em Mato Grosso do Sul, os ruralistas que apoiam o presidente também geraram cenas de valorização da pátria. Além de colocarem caminhões na Afonso Pena, na BR-060, saída de Campo Grande para Sidrolândia, dois caminhões passaram o dia com bandeira do Brasil gigante, “hasteada” sobre viaduto.

Mulherada no alvo - As sul-mato-grossenses Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (União Brasil-MT) são alvos preferenciais em ataques machistas nestas eleições. O levantamento é do projeto Monitora, da organização AzMina, em parceria com InternetLab e Núcleo Jornalismo.

Ataques machistas - As candidatas à presidência ganharam maior projeção depois do primeiro debate entre os presidenciáveis, realizado pela Band. Segundo o estudo, que monitorou postagens nas redes sociais referentes a várias mulheres candidatas, já foram 518 aparições de termos como louca, doida, maluca, desequilibrada, histérica e descontrolada relacionados às candidatas nas redes sociais.

Protagonista - Candidato do PCO, Magno Souza de novo chamou atenção ao falar em debate na terça-feira, realizado pela Rádio Morena FM e Primeira Página. Sem intenção de ganhar, admitiu que quer mesmo é desabafar. Antes, já tinha admitido em entrevista à mesma emissora que não tinha plano de governo.

Contra o latifúndio - “Tô aqui para desabafar. Não estão trabalhando como tem que trabalhar. Estamos aqui para denunciar o ataque dos latifundiários contra os indígenas. A gente vem estudando isso, como vamos trazer a paz para o Mato Grosso do Sul”, disse já no início das discussões.

Não largam o osso - Mesmo com as candidaturas indeferidas pela Justiça Eleitoral, Tiago Vargas (PSD) e Sérgio Harfouche (Avante) não desistiram da campanha. Ambos foram até a Marcha para Jesus ontem, cumprimentaram eleitores e também a cantora Bruna Karla, uma das atrações do evento.

Dnit – O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte abriu credenciamento de empresas leiloeiras para se desfazer de bens em Mato Grosso do Sul. Esta é a primeira fase do processo que garante um destino final para veículos que apodrecem em pátios do Dnit. A previsão é que até novembro sejam leiloados itens da ferrovia do Estado, como uma carcaça de alto de linha, estacionada no Porto Seco.

Ligeirinhos - O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul anunciou feito histórico no Estado. Segundo a Secretaria Judiciária do TJ, em agosto o órgão atingiu o maior número de processos julgados e distribuídos, mas de 20 mil no total. “Além de serem analisados mais processos do que distribuídos, tal fato fez com que o 2º Grau do TJMS fechasse o mês com o menor acervo do ano”, comemorou

Nos siga no Google Notícias