A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/05/2014 06:00

Só Educação escapou de invasão

Edivaldo Bitencourt

Briga – Os deputados estaduais Marquinhos Trad (PMDB) e Amarildo Cruz (PT) voltaram a “brigar”, ontem, na Assembleia Legislativa. Os dois começaram a discutir sobre a invasão da prefeitura por Alcides Bernal (PP) e terminaram “inflamando” o debate com embate eleitoral entre Delcídio do Amaral (PT) e Nelson Trad Filho (PMDB).

Estilo – O deputado estadual Carlos Marun (PMDB) fez o mais contundente dos discursos. Ele destacou que o “grande golpe” foi na eleição de 2012, quando Bernal conseguiu encantar os eleitores de Campo Grande. Ele não cumpriu as promessas feitas, como priorizar a saúde e a educação.

Heróis – Dois guardas municipais impediram a invasão da Secretaria Municipal de Educação, o único prédio que não foi ocupado na noite de 15 de maio pelos assessores da Alcides Bernal. Segundo a vereadora Rose Modesto (PSDB), ninguém conseguiu invadir o prédio.

Especial – Durante a tentativa de invasão, a Semed realizava um encontro entre professores e estudantes da educação especial. Cerca de 300 pessoas estavam no auditoria da secretaria, quando o grupo de Bernal chegou e foi barrado por dois guardas municipais.

Reviravolta – O vídeo, em que Bernal ataca o Poder Judiciário, vai pesar bastante na decisão do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Joenildo de Souza Chaves. Ele teria mudado de opinião após ver o ex-prefeito chamar juízes de “marginais e corruptos”.

Sensível – O prefeito Gilmar Olarte (PP) decidiu priorizar a saúde, área considerada prioridade por 75% dos moradores da Capital. A revelação foi feita durante a visita surpresa ao posto de saúde do Bairro Vida Nova 2.

RegimeGilmar Olarte admitiu, ontem, que quer implementar um regime alimentar. O objetivo é perder a gordura extra. “Ainda preciso perder um quilo”, anunciou. Ele disse que isso será possível com a retomada de uma alimentação no horário e mais equilibrada.

Prazo – O presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, deve decidir nos próximos dias o destino do comando do PP no Estado. Segundo Olarte, a queda de Bernal está praticamente certa. O novo presidente deverá ser o ex-secretário municipal de Meio Ambiente, Cezar Afonso.

Dilema – Ciro Nogueira tem um grande dilema: mantém Bernal ou coloca um nome de confiança no comando do partido . Olarte disse que entende o presidente da sigla, já que os dois são líderes no Estado. Mas ele já anuncia Afonso como líder do partido em todos os eventos oficiais.

Roubalheira - O vereador Chiquinho Telles (PSD) tem 11 assinaturas para criar a CPI da Folia, que tem o objetivo de investigar os gastos de Bernal com o Carnaval. “Roubaram a Fundac, nós vamos provar”, afirmou o parlamentar. No entanto, a CPI só será criada após a audiência pública para ouvir Juliana Zorzo no dia 2 de junho.

(colaboraram Kleber Clajus, Zana Zaidan, Helton Verão e Lidiane Kober)

Dagoberto mente, diz liderança do PDT
É fake – As última declarações do deputado federal e presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, sobre os pedidos de expulsão do jui...
Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions