A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


06/12/2011 07:00

Tensão pré eleitoral

Jogo Aberto

Ah é, é?

Repórter quis saber do vice-presidente Michel Temer por que o Governo Federal negou aumento aos militares e não usa os R$ 62 milhões ‘flexibilizados’ pela DRU (Desvinculação das Receitas da União). Diplomaticamente, o vice-presidente deu uma resposta padrão para a questão do aumento. “Isso vai ser visto a longo do tempo, evidentemente”, disse.

Já em relação à DRU, Temer disse que o mecanismo “é fundamental para que o Governo Federal tenha uma plasticidade e elasticidade para utilizar verbas”.

Na esteira da reforma

Comissionados também devem entrar na reforma geral da equipe, disse ontem o prefeito Nelsinho Trad, que na semana que vem começa a conversar com o PSDB e o PPS para a cisão da aliança em seu aspecto ‘administrativo’.

Em tempo, Diário Oficial de Campo Grande trouxe ontem cessão de Maria Antonieta Amorim Trad da Fundação de Cultura para a Secretaria de Governo.

Tudo dominado

Em cada um dos 79 municípios, o governador André Puccinelli (PMDB) tem um interlocutor na área médica ou no setor jurídico. A constatação é de dirigentes de legendas nanicas que tentam instalar bases no interior.

A mesma avaliação já passou pelas discussões no âmbito do PT, que já manifesta preocupação com dificuldades que podem advir na campanha ao governo em 2014.

Preparação

O senador Delcídio do Amaral (PT-MS), pré-candidato ao governo em 2014, sabe que o PMDB de André Puccinelli está revigorado e a vinculação com 2012 é inevitável. Os futuros prefeitos e vereadores serão potenciais cabos eleitorais em 2014. Daí a necessidade de intensificar a agenda no interior, desde já.

Chiqueirinho

Jornalistas foram colocados em um espaço entre os sanitários masculinho e o feminino e esperaram por três horas para ter direito a duas perguntas à dupla Jorge & Mateus. A desorganização do show no Morenão levou os repórteres a abandonarem a cobertura. Quando a porta do camarim se abriu, apenas a equipe de uma emissora resistia ao mau cheiro.

Reflexão

O professor da UFMS e Fiocruz Rivaldo Venâncio faz palestra no próximo sábado, na Santa Casa de Campo Grande, em encontro de reflexão sobre a saúde em Mato Grosso do Sul, com participação dos arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dimas Lara Barbosa, e o secretário municipal de Saúde de Campo Grande, Leandro Mazina Martins.

A propósito, a extensão da Fiocruz criada há uma ano em meio em Mato Grosso do Sul, será inaugurada na quinta-feira, 8, no Jardim das Nações.

Sampa

Hoje, às 19h (horário de Brasília), na Câmara Municipal e São Paulo, lideranças indígenas guarani kaiowá representantes da Aty Guasu (grande assembléia) e organizações sociais lançarão o Comitê Nacional em Defesa da População Indígena de Mato Grosso do Sul. O Comitê terá a incumbência de recolher e encaminhar denúncias de violações de direitos humanos dentro e fora do Brasil.

Obras a prestação

Moradores seguem reclamando da interminável prorrogação de cláusula nos blocos de apartamento de construtora mexicana em que as áreas de uso comum nunca são concluídas.

Bonito

O PT de Bonito decidiu lançar o médico Laércio Miranda como pré-candidato a prefeito. O lançamento estava travado em razão de diversas outras postulações dentro do PT, inclusive propostas de aliança, com o partido participando na condição de vice. A maioria rejeitou a ideia. “Estamos oficializando não um pré-candidato a vice-prefeito, mas um candidato para ganhar”, declarou João Ubaldo, presidente do diretório municipal.

Que vergonha

Contrários à divisão do Pará usaram e abusaram de informações equivocadas de Mato Grosso do Sul para convencer a população a votar contra. Em vídeo postado no You Tutbe, partidários do não disseram faltar emprego em MS e no Estado muitas pessoas vivem do lixo e a divisão de MT teria atendido apenas a interesses políticos e não sociais, econômicos e culturais.

Os partidários da campanha do NÃO no Pará desconhecem que o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) é de 0,802 contra 0,755 do PA; o PIB per capita de MS é quase o dobro daquele Estado (R$ 15.406,96 contra R$ 7.859,19) e a renda média per capita por aqui é de R$ 662,00 contra R$ 386,00.

2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions