ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 20º

Jogo Aberto

Vingança de ex

Por | 17/01/2013 06:00

Nos últimos meses, a coluna tem recebido uma espécie sui generis de "denúncia": de ex-mulheres de servidores estaduais que pedem apuração do que consideram ato gravíssimo. Elas pedem investigação do Poder Público envolvendo o fato de seus ex-companheiros terem relacionamentos fora do casamento, com companheiras de trabalho. Para elas, o servidor envolvido merece punição exemplar.

Envolvidos
Uma das denúncias chegou à redação na época de campanha e envolvia um candidato a vereador, que não se elegeu. A esposa traída mandou até um DVD, com e-mails comprometedores trocados entre o casal. Uma outra denúncia chegou esta semana, dizendo quem novo casal que trabalha em um órgão público "toca o terror" perseguindo colegas.

Desprotegido
Liberado do Centro de Controle de Zoonoses por determinação judicial, o cão Scooby, que virou pivô da polêmica sobre o tratamento da leishmaniose em cães, deixou o local exposto a uma outra doença, a erliquiose canina, que pode até matar o animal. 

Por quê?
Scooby deixou o CCZ com carrapatos e sem a coleira contra os parasitas. O carrapato é um risco também para o homem, por ser transmissor da febre maculosa.

Interessante
Um especialista fez uma análise, à coluna, sobre a nomenclatura de uma das secretarias da Prefeitura de Campo Grande desde a gestão do prefeito Nelsinho Trad. Ele chamou atenção sobre a disposição da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano). Segundo ele, a natureza da pasta é contraditória.

Explicação
Isso porque, conforme avalia, desenvolvimento urbano e meio ambiente são áreas antagônicas. “Muitas vezes, pelo desenvolvimento da cidade, a Prefeitura abre mão do meio ambiente”.

Nem sempre foi assim
No primeiro mandato de Nelsinho, as secretarias funcionavam em duas pastas de forma separada: Semur e Semad. Para o especialista, atualmente, na Semadur, o setor de desenvolvimento urbano é bem mais eficiente do que o de meio ambiente.

Camisa 15
Ao assinar ontem liberação de verbas para o campeonato estadual de futebol, o governador André Puccinelli (PMDB), ganhou camisetas de clubes do Estado. A maioria tinha o nome do governador e número do partido dele nas costas.

Aposta
Puccineli brincou durante a reunião, dizendo que que o representante dos times que conseguisse fazer maior número de embaixadinhas ganharia mais dinheiro para o clube. O recorde pessoal, comentou, é de 10 embaixadas na sequência.

Missão impossível?
O vereador Marcos Alex, do PT, assume hoje vaga na Câmara de Vereadores e já chega como líder do prefeito. Chega também com a difícil tarefa de apaziguar o clima entre o prefeito Alcides Bernal e os vereadores.