ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  17    CAMPO GRANDE 18º

Arquitetura

Em 30 dias, advogado constrói casa dentro de barril de vinho

Na BR-163, casa fica em barril de 7 metros de altura que armazenava mais de 80 mil litros de vinho

Por Thailla Torres | 28/05/2021 08:08
Casa tem 7 metros de altura, dois pavimentos e sua estrutura é uma pipa de vinho. (Foto: Henrique Kawaminami)
Casa tem 7 metros de altura, dois pavimentos e sua estrutura é uma pipa de vinho. (Foto: Henrique Kawaminami)

Um rancho às margens da BR-163, a 37 quilômetros de Campo Grande, chama a atenção por misturar tradição e criatividade do advogado criminalista Diogo de Araujo, de 51 anos. Uma das casas na propriedade foi construída com uma pipa original, aquela grande estrutura de madeira usada durante anos por vinícolas, especialmente no Sul do país, na produção de vinhos. O barril usado na residência do advogado armazenava 80 mil litros da bebida.

Diogo é natural do Paraná, mas há anos vive em Mato Grosso do Sul. Ele afirma que tem fazenda na fronteira com o Paraguai, mas a distância com a Capital tornava inviável a aproximação dele com a vida mais rústica no dia a dia, foi então que decidiu investir numa propriedade de 5 hectares pertinho de Campo Grande. “Já fiz até audiência daqui. Nem sinto vontade de ir para a cidade. Quando vou pra lá fico louco para voltar”.

Casa fica em rancho de cinco hectares na BR-163, a 37 km do Centro de Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)
Casa fica em rancho de cinco hectares na BR-163, a 37 km do Centro de Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)

Diogo recebeu o Lado B em seu rancho após publicar fotografias da casa no Facebook e ver o celular “pipocar” de mensagens de pessoas interessadas em alugar a residência. “Muitos querem passar o fim de semana nela. Ainda estou me preparando e pensando em formas de receber as pessoas nela. Mas na semana que vem já vou receber um casal”, conta.

A casa desperta curiosidade pela estrutura e pela história. O barril adquirido por R$ 80 mil foi comprado no Rio Grande do Sul depois que Diogo viajou e soube de pipas que foram transformadas em casas.

“Lá encontrei um fornecedor que vende as pipas com adequações para se tornarem chalés ou residências. Foi então que decidi comprar e trazer para Campo Grande. É a primeira casa dentro de uma pipa de MS”, conta o advogado, orgulhoso da obra.

Quando a pipa chegou à propriedade, Diogo contratou equipe e viu a casa ficar pronta em 30 dias. Com mão de obra terceirizada ele investiu na base para colocar a estrutura, construção de banheiro e telhado. Já o design de interiores, apesar da ajuda de marceneiros e serralheiros, Diogo é quem leva o crédito.

Ele pensou em cada decoração dentro da casa. Apaixonado por madeira e elementos rústicos, tudo feito com dose de criatividade. Barris menores viraram base para a pia e mesa de centro. Troncos de madeira foram transformados em cuba e mesa para o café.

Casa tem muitos elementos em madeira e itens que foram reutilizados. (Foto: Henrique Kawaminami)
Casa tem muitos elementos em madeira e itens que foram reutilizados. (Foto: Henrique Kawaminami)
Sala tem mesa de centro com barril e lareira elétrica. (Foto: Henrique Kawaminami)
Sala tem mesa de centro com barril e lareira elétrica. (Foto: Henrique Kawaminami)
Cozinha é toda equipada para receber um casal. (Foto: Henrique Kawaminami)
Cozinha é toda equipada para receber um casal. (Foto: Henrique Kawaminami)

A casa tem 7 metros de altura e dois pavimentos. No térreo ficam banheiro e sala integrada com a cozinha. O ambiente é todo equipado com sofás, poltrona, mesa de centro, frigobar, fogão, pia, mesa, cafeteira, adega e até uma lareira elétrica.

Ao subir as escadas você encontra um quarto com cama de casal, poltronas feitas de barris, sacada, ar-condicionado e televisão. No entanto, Diogo garante que a casa vive climatizada. “Já testei, no calor ela sempre está fresquinha e nos dias mais frios ela permanece uma temperatura ambiente aqui em cima”.

O chão do quarto foi feito com madeira roxinho que dá um toque especial na decoração. Além disso a casa, segundo o advogado, está sempre impecável e bem arrumada, não só pelos futuros hóspedes, mas porque ele vive arrumando. “Eu sou chato, não vou mentir. Gosto de tudo no lugar e bem arrumadinho. Na minha casa você nunca vai ver uma toalha fora do lugar”.

Quarto do casal tem TV, ar-condicionado e poltronas feitas de barris. (Foto: Henrique Kawaminami)
Quarto do casal tem TV, ar-condicionado e poltronas feitas de barris. (Foto: Henrique Kawaminami)
Acesso ao banheiro que fica no primeiro pavimento. (Foto: Henrique Kawaminami)
Acesso ao banheiro que fica no primeiro pavimento. (Foto: Henrique Kawaminami)
Vista da sacada no segundo pavimento da casa. (Foto: Henrique Kawaminami)
Vista da sacada no segundo pavimento da casa. (Foto: Henrique Kawaminami)

Pelo menos na propriedade tudo é bem organizado. Da sacada da casa de barril é possível ver o restante do rancho que tem área de lazer com piscina e área gourmet com churrasqueira e mesa de jogos em ambiente cheio de decorações rústicas, também escolhidas pelo advogado. “Eu gosto tanto dessas coisas que, às vezes, eu ganho de amigos porque sabem que eu vou cuidar e dar um lugarzinho especial às peças”.

Do lado de fora da casa de barril, o advogado desenhou e mandou produzir uma fonte feita com barris menores. Mas no lugar de água limpa, a fonte tem água com corante bordô para que se pareça com as fontes de vinho. “É para dar um clima”, brinca Diogo.

Em volta da casa de barril Diogo também plantou plátanos, árvore muito comum em cidades do Sul. Suas folhas se assemelham muito à mapple tree, árvore em que a folha é símbolo do Canadá. A ideia, segundo ele, é garantir um visual bucólico e ao mesmo tempo romântico quando as árvores estiverem vistosas.

Diogo é o advogado apaixonado pela vida rústica e por decoração. (Foto: Henrique Kawaminami)
Diogo é o advogado apaixonado pela vida rústica e por decoração. (Foto: Henrique Kawaminami)
Balanços que ficam próximo a área de lazer do rancho. (Foto: Henrique Kawaminami)
Balanços que ficam próximo a área de lazer do rancho. (Foto: Henrique Kawaminami)
Local tem piscina com hidromassagem. (Foto: Henrique Kawaminami)
Local tem piscina com hidromassagem. (Foto: Henrique Kawaminami)
Área gourmet com churrasqueira, mesa de jogos e fogão à lenha. (Foto: Henrique Kawaminami)
Área gourmet com churrasqueira, mesa de jogos e fogão à lenha. (Foto: Henrique Kawaminami)
Lateral da casa barril: dá pra ver base feita de concreto e banheiro de alvenaria. (Foto: Henrique Kawaminami)
Lateral da casa barril: dá pra ver base feita de concreto e banheiro de alvenaria. (Foto: Henrique Kawaminami)

Diogo ainda não tem pacotes fechados para visitação. “Estou organizando. Desde que publiquei a casa pronta nas redes sociais não paro de receber mensagens de elogios e pessoas interessadas. Mas quero organizar bem para receber uma família por vez e fazer com que todos se sintam em casa”.

Agora, os planos do advogado é dar continuidade nas reformas da propriedade e construir mais 3 residências “barris”.

Informações podem ser adquiridas na página do Rancho Appaloosa.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário