A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/12/2016 07:43

Em 36 m², sala e cozinha ganham novos ares com mudanças na cor e iluminação

Naiane Mesquita
Sala e cozinha tem 36 m² e foi totalmente redecorada (Foto: Silvia Bocchnia )Sala e cozinha tem 36 m² e foi totalmente redecorada (Foto: Silvia Bocchnia )

Milimetricamente geométrico, o apartamento de 55 m², projetado pela arquiteta Silvia Bocchnia, revela nos detalhes a personalidade de um jovem proprietário. Advogado e apaixonado por viagens, a decoração buscou mostrar traços de uma personalidade prática, demonstrando como espaços pequenos podem se tornar contemporâneos sem perder o conforto visual.

Geométrica, a decoração tem elementos contemporâneos Silvia Bocchnia Geométrica, a decoração tem elementos contemporâneos Silvia Bocchnia

“O meu estilo combina muito com o do cliente, que segue a linha mais contemporânea. A decoração é uma somatória de muitas imagens do nosso cotidiano. Eu acho que na verdade dá certo pela empatia das duas partes, ele é sensível, jovem, viaja bastante e queria trazer essas experiências e traços da personalidade para dentro da cada dele”, explica Silvia.

O apartamento foi apresentado a arquiteta com paredes brancas e apenas um sofá. A cozinha e a sala têm 36 m² e são as áreas que sofreram mais mudanças.

A parede recebeu um tom cinza, com a inclusão de um papel de parede geométrico e um espelho, que auxilia no cotidiano e também traz profundidade aos espaços.

“No primeiro momento mudamos a cor das paredes, a iluminação e pronto, parecia que estávamos em outro lugar”, descreve.

A decoração segue os moldes da industrial, com canos de luz aparentes, que caem na sala. Até mesmo uma fruteira geométrica combinou perfeitamente com a decoração, toda em linhas.

Os dois ambientes completos após a reforma (Foto: Silvia Bocchnia )Os dois ambientes completos após a reforma (Foto: Silvia Bocchnia )
Apartamento antes da reforma e decoração (Foto: Silvia Bocchnia)Apartamento antes da reforma e decoração (Foto: Silvia Bocchnia)

O charme extra fica por conta de um móvel antigo de madeira, que continuou na sala.

“Alguém tinha dito a ele para descartar porque não combinava com ele. Mas, se ele tem esse móvel é porque combina, existiu a escolha. Ele tem a madeira, que destoa um pouco da decoração, mas ao mesmo tempo casou muito. Ela se destacou”, frisa Silvia.

 

Quadros foram escolhidos em banco de imagens por proprietário (Foto: Silvia Bocchnia)Quadros foram escolhidos em banco de imagens por proprietário (Foto: Silvia Bocchnia)

A varanda também foi modificada. “Ele queria plantas no ambiente. Então fizemos uma varanda com deck de madeira no apartamento. Fica com cara de piscina, mas está na varanda e com os dois lados cheios de planta”, ressalta.

Até mesmo os quadros colocados cuidadosamente na parede da sala foram escolhidos a dedo. “Normalmente, essa parte da decoração é ainda mais pessoal. Ele não tinha um fotógrafo que gostasse, então entramos em um banco de imagens e o cliente escolheu as que ele mais se identificava. Compramos e mandamos enquadrar”, conta.

Silvia é arquiteta há dez anos, mas também desenha. Um dos quadros foi feito à mão pela artista. “Foi baseado em uma das imagens que ele escolheu e não colocamos nos quadros da sala. Esta está na cozinha”, conta.




imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.