A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

25/06/2018 19:51

Adeus a Ilton Silva será no Marco com cortejo até o cemitério Santo Amaro

Adriano Fernandes
Mulheres de cabelos negros volumosos ganhavam forma por meio das cores do artista. (Foto: Arquivo Pessoal) Mulheres de cabelos negros volumosos ganhavam forma por meio das cores do artista. (Foto: Arquivo Pessoal)

O corpo do artista plástico Ilton Silva, 75 anos, será velado nesta terça-feira (26) no Marco (Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul) a partir das 10h. A previsão é de que o velório dure até às 15h e logo após, haverá um cortejo até o cemitério Santo Amaro, onde ele será sepultado.

O artista sul-mato-grossense morreu no último sábado (23), em Santa Catarina, depois de ficar cinco dias internado, com quadro de pneumonia e anemia. O Governo de Mato Grosso do Sul assumiu a responsabilidade pelo traslado do artista plástico e ofereceu o Museu para a despedida do artista. 

“A todos os que de alguma forma ajudaram e apoiaram, seja de forma direta, seja através de mensagens e orações, nosso muito obrigado”, diz comunicado da família, na página de Ilton no Facebook.

Legado

Nascido em Ponta Porã, Ilton morava com os 4 filhos há 23 anos em Santa Catarina, na cidade de Itapoá. Filho de Conceição dos Bugres, veio para Campo Grande aos 13 anos e contava que entendeu que tinha a pintura como vocação ao arriscar desenhos no chão e em pedaços de madeira.

Nas telas, mulheres de cabelos negros volumosos tinham a mãe dele como inspiração, ganharam cores e viraram uma das principais marcas de Ilton Silva. Autoditada, foi visto em galerias nos EUA e Europa. Na última "exposição" por aqui, em 2016, ficou durante uma semana em Campo Grande, com sua série mais famosa, "Cores e Mitos".



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.