A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Setembro de 2019

04/09/2019 07:09

Mostra com 6º Prêmio Onça Pintada começa amanhã e recebe 1 mil bailarinos

De 6 a 8 de setembro, programação tem apresentações e competições de dança no Teatro Glauce Rocha

Thailla Torres
Grupo Embrujos de España é um dos participantes da Mostra Internacional de Dança. (Foto: Reprodução Facebook)Grupo Embrujos de España é um dos participantes da Mostra Internacional de Dança. (Foto: Reprodução Facebook)

A Mostra Internacional de Dança e o 6º Prêmio Onça Pintada começam nesta quinta-feira (5) e segue até o dia 8 de setembro, com apresentações e competições no Teatro Glauce Rocha, em Campo Grande. O encontro reúne cerca de 1000 mil bailarinos, com grupos de dança regionais e também internacionais, como Bolívia e Argentina.

A programação começa com grupos convidados, como o indígena Koope-Noty Terênoe, que pertence à aldeia Tereré, localizada em Sidrolândia, distante 71 quilômetros de Campo Grande. A programação segue com a apresentação da Cia de Dança do Pantanal, intitulada “A Terra sem Males”, que reflete sobre a questão da terra.

Na sexta-feira (6), tem apresentação da Ginga Cia de Dança que estreia o espetáculo “Serenade”, com direção artística de Chico Neller. No dia 8, a companhia também é a responsável pela abertura, com “Velado”, que já foi premiada com o 27° Passo de Arte Grand Prix Internacional, em Indaiatuba (SP), e o 37° Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina.

O festival é realizado desde 2012 e contempla diversos estilos dentro da dança contemporânea. Segundo a coreógrafa e coordenadora geral do evento, Neide Garrido, a mostra é uma oportunidade para os grupos. “O Festival agrega, abraça e contempla todas as formas de dançar, aberto as todas as regiões do Brasil e outros países. Oferece ao público espetáculos de qualidade, estimulando bailarinos, professores, criadores, escolas, grupos, companhias, projetos sociais, a evoluir e se reinventar na dança”, explica.

Na raça – Sem investimentos dos fundos de incentivo à cultura, este ano o festival é feito na raça, por isso, segundo a coordenadora, não foi possível fazer o convite a companhia de dança internacionais. O festival cobrou apenas uma taxa de inscrição dos bailarinos, que contribuirá na realização do evento.

O evento começa no dia 5 de setembro, com a Mostra Internacional de Dança, com os estilos de danças populares, balé clássico de repertório – variação júnior, estilo livre e dança árabe. Já no Prêmio Onça Pintada haverá a competição de dança contemporânea, balé clássico de repertório, jazz, sapateado, balé clássico livre e danças urbanas no primeiro dia.

Horários - nos dias 5 e 6, o evento começa às 19h. No dia 7, às 18h30min e no dia 8, às 16h, tem início a mostra juvenil, e às 19h, o restante das apresentações. O preço dos ingressos é de R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada). O Teatro Glauce Rocha fica na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.