A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2018

07/12/2018 09:10

Sete anos após a morte, Nelson Trad ganha biografia "Uma Vida Pra Valer”

Lançamento do livro acontece nesta sexta-feira (7), a partir das 18h30, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo

Tatiana Marin
Foto ilustra a capa do livro biografia Nelson Trad - Uma Vida Pra Valer, que será lançado nesta sexta-feira. (Foto: Divulgação)Foto ilustra a capa do livro biografia "Nelson Trad - Uma Vida Pra Valer", que será lançado nesta sexta-feira. (Foto: Divulgação)

A admiração e o respeito pelo político, criminalista, jurista e intelectual que Nelson Trad foi, transparece na fala do jornalista e escritor Oscar Ramos Gaspar. Depois de uma intensa pesquisa, e muita conversa, ele assina o livro biográfico “Nelson Trad - Uma Vida Pra Valer”, que será lançado nesta sexta-feira (7), na mesma data que há 7 anos morria o patriarca da família Trad.

“O maior desafio foi não deixar que a amizade e a admiração influenciassem e tornassem o texto piegas”, comenta Gaspar. “Tive o privilégio, menos vezes do que gostaria, de algumas vezes, jantarmos juntos no Rádio Clube e conversávamos. Ele era muito inteligente e muito fino no trato. Naquela época, jamais imaginei que escreveria sua biografia”, conta o jornalista.

Os contatos profissionais foram sempre em “entrevistas rápidas”. Não teve a chance de colher um grande depoimento, como fez a jornalista Thereza Hilcar em material também explorado no livro. “Foram duas páginas do jornal. Eu não canso de me referir a este depoimento no livro, usei como caminho para escrever a biografia”, declara.

No período de pouco mais de dois anos entre planejamento, viagens e fechamento do texto de 270 páginas, o autor realizou mais de 70 entrevistas em Campo Grande, São Paulo e Brasília, com políticos, juristas e familiares.

Segundo Gaspar, outro grande desafio foi percorrer a biblioteca de Nelson Trad. A questão não se refere ao volume de obras, “mas pelo caráter seletivo que ele tinha. Achei que seria a biblioteca de um advogado, mas é de intelectual, com muitos ensaios, literatura e poesia”, detalha.

Nelson Trad quando tomou posse como secretário de Justiça no governo de Pedro Pedrossian. (Foto: Divulgação)Nelson Trad quando tomou posse como secretário de Justiça no governo de Pedro Pedrossian. (Foto: Divulgação)

O livro - Intimamente ligado com a história de Mato Grosso do Sul, “NelsonTrad - Uma Vida Pra Valer” não apenas mostra o perfil humano, o percurso político e a carreira profissional de NelsonTrad, como também pincela traços da história do Estado.

Mas o autor recuperou os anos em que ele estudou e participou da militância estudantil no Rio de Janeiro. O casamento com Therezinha Mandetta Trad, os filhos, a carreira de advogado e a carreira política estão descritos no livro.

Diversos momentos da carreira política são abordados na obra, tais como a atuação em momentos decisivos no Congresso Nacional e quando, durante a Ditadura Militar, com mandato de vice-prefeito cassado e suspensos os direitos políticos por uma década.

Capa do livro Nelson Trad - Uma Vida Pra Valer. (Foto: Divulgação)Capa do livro "Nelson Trad - Uma Vida Pra Valer". (Foto: Divulgação)

O autor - Oscar Ramos Gaspar foi chefe de redação em diversos jornais de Campo Grande e um dos fundadores do jornal Folha do Povo. Além disso, trabalhou como secretário de Comunicação, tanto em Mato Grosso do Sul, no governo de Pedro Pedrossian, como em Mato Grosso.

Como escritor, ele desta que o “ser jornalista” é essencial ao escrever livros. Autor de duas outras biografias e com participação em outras publicações, ele acha natural que jornalistas “enveredem para linha de biógrafos. Tem tudo a ver. É o trabalho de procurar, levantar a história e fazer perguntas corretas”, define.

Atualmente, ele realiza outros trabalhos no campo da escrita e composição de discursos políticos. Ele conta que já está trabalhando em outra biografia, mas ainda não revela quem é o personagem.

Evento - A cerimônia de lançamento do livro acontece nesta sexta-feira (7) a partir das 18h30, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, Parque dos Poderes. Haverá produção artística com apoio da Secretaria de Estado Cultura e Cidadania e da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e Fundação de Turismo, além do perfil histórico do homenageado, em alusão ao 75º Aniversário de Independência do Líbano pela sua ascendência libanesa.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.