A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

26/10/2017 15:16

Bonito e Costa Rica, cenários perfeitos para os esportes de aventura

Paulo Nonato de Souza
Costa Rica recebeu o Desafio Brou de Mountain Bike 2017 e terá mais três competições até 2019 (Foto: Assessoria/Divulgação)Costa Rica recebeu o Desafio Brou de Mountain Bike 2017 e terá mais três competições até 2019 (Foto: Assessoria/Divulgação)

Se você gosta da sensação de adrenalina e curte o contato com a natureza em clima de competição, então o caminho é o esporte de aventura. Em Mato Grosso do Sul, Bonito já é referência no setor em nível mundial, mas Costa Rica, com quatro parques naturais, desponta como concorrente. As duas cidades são fartas em atrativos turísticos com atividades esportivas radicais.

Nos próximos dois anos, por exemplo, cinco grandes competições nacionais e internacionais de mountain bike envolvendo competidores de alto nível vão movimentar o setor turístico de Bonito e Costa Rica. As duas cidades vão medir força como cenários de rios de águas transparentes, cachoeiras, grutas, cavernas, tirolesas, rapel, piscinas naturais, arvorismo, rafting e trilhas.

Sem os mesmos atributos da natureza, mas correndo por fora ainda tem Campo Grande com os Jogos Radicais Urbanos, que também terá o mountain bike e a corrida de trilha entre suas atrações no Parque das Nações Indígenas e Parque Estadual do Prosa, em Campo Grande, entre 17 e 19 de novembro.

Travessia de pinguela em parque de Costa Rica durante competição de mountain bike (Foto: Assessoria/Divulgação)Travessia de pinguela em parque de Costa Rica durante competição de mountain bike (Foto: Assessoria/Divulgação)

Na onda do turismo com esportes de aventura, a conta dos organizadores é simples. Cada atleta traz pelo menos um ou dois familiares, mais o seu estafe composto de treinadores e assessores. Na soma, uma competição com 800 inscritos pode movimentar a circulação de pelo menos três a quatro mil pessoas durante o evento, consumindo em restaurantes e hotéis, por exemplo, mais os passeis turísticos.

É o caso dos Jogos Radicais Urbanos, em Campo Grande. A Funesp (Fundação Municipal de Esporte e Lazer) organiza o evento junto com a Funesporte (Fundação Estadual de Desporto e Lazer) e estima pelo menos 800 atletas inscritos nas três modalidades da competição: mountain bike, stand up paddle e corrida de trilha.

Costa Rica, distante 375 km de Campo Grande, receberá o Eliminator de Cross-country, formato de corrida de mountain bike com largadas de quatro ciclistas competindo uns contra os outros, nos dias 25 e 26 de novembro, como apresentação do Mundial 24h de Mountain Bike que a cidade do Norte do Estado irá abrigar no mês de julho de 2019. Antes, em julho de 2018, receberá uma etapa nacional do Brasil Ride como último teste de pista e de estrutura para o Mundial

A previsão dos organizadores é de que o Mundial de 2019 atrairá atletas de 70 países. “Queremos ser referência dos esportes de aventura em Mato Grosso do Sul, então é hora de mostrar o potencial do turismo e as belezas dos nossos parques naturais para o mundo”, comemora o prefeito do município, Waldeli dos Santos Rosa. A previsão é de que somente na etapa do Brasil Ride, em 2018, os atletas, membros de estafes, voluntários e integrantes da organização serão acomodados em barracas em uma verdadeira cidade para mais de 800 pessoas.

Rafting é um dos vários esportes de aventura praticados em Bonito (Foto: Assessoria/Divulgação)Rafting é um dos vários esportes de aventura praticados em Bonito (Foto: Assessoria/Divulgação)

Já a cidade de Bonito, distante 298 km de Campo Grande, será sede de uma das maiores competições de mountain bike do Brasil no período de 28 a 31 de março de 2018. É o Brasil Challenge MTB com a participação de 400 ciclistas profissionais de todo o País. “Entre competidores e seus familiares, mais de mil pessoas passarão por Bonito durante os dias de provas”, garante o diretor-executivo do evento, Thiago Mol.

Costa Rica é uma cidade cercada por quatro parques naturais, todos abertos aos visitantes para contato com a mata virgem, exploração de trilhas, sítios arqueológicos de mais de 11 mil anos: Parque Estadual Nascentes do Rio Taquari, Parque Nacional das Emas, Parque Natural Municipal da Lage e Parque Natural Municipal Salto do Sucuriú.

Dos quatro parques, o Parque Natural Municipal Salto do Sucuriú é o mais próximo da cidade. Localizada a 3 km de distância em relação ao centro, o parque é cenário perfeito para esportes de aventura como rapel e rafting, e ainda tem a Cachoeira Salto Majestoso com 64 metros de altura, um dos locais mais visitados pelos turistas.

Em Bonito, os atrativos de aventura e de esportes radicais são todos em propriedades particulares, exceção da gruta do Lago Azul e do Balneário Municipal, administrados pela prefeitura. As distâncias variam de 7 a 55 quilômetros em relação ao centro da cidade e o acesso é feito por estradas de terra, normalmente em bom estado de conservação e bem sinalizadas. O turismo é uma das principais fontes de arrecadação do município de 20 mil habitantes que recebe 300 mil visitantes anualmente.

Veja esta e outras reportagens em http://www.lugaresporondeando.com.br



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.