A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Maio de 2019

27/03/2019 08:30

Anônimo deixa livros em ponto de ônibus e muda o caminho de quem passa

Exemplares foram deixados embaixo de cobertura e, protegidos da chuva, continuam expostos

Danielle Valentim
Rapidamente livros foram se despedindo do banco. (Foto: Marina Pacheco)Rapidamente livros foram se despedindo do banco. (Foto: Marina Pacheco)

De assuntos religiosos a jurídicos, uma estante, bem improvisada, chama a atenção em ponto de ônibus da Rua do Seminário. São dezenas de livros deixados sobre o banco. Não há qualquer indicação sobre o motivo da "doação", se serve apenas como descarte, incentivo à leitura ou se a biblioteca ao ar livre é um novo projeto em Campo Grande. O importante é que, pelo andar da carruagem, nenhum exemplar irá para o lixo.

O Lado B voltava de uma pauta quando se deparou com a cena: Anderson da Costa, de 30 anos, descendo de sua bicicleta e indo em direção aos livros. Pai de três filhos, o morador da Comunidade Tia Eva ia o trabalho e não resistiu à exposição.

“Eu trabalho com carga e descarga em um depósito aqui perto. Achei a ideia muito boa. Lá na comunidade [Tia Eva] também tem um projeto que empresta livros, mas aqui eles estão disponíveis para a gente levar para casa. Não sei quem deixou, mas é uma grande ideia”, disse.

A caminho do trabalho, Anderson parou para escolher. (Foto: Marina Pacheco)A caminho do trabalho, Anderson parou para escolher. (Foto: Marina Pacheco)
Duas opções escolhidas por Anderson. (Foto: Marina Pacheco)Duas opções escolhidas por Anderson. (Foto: Marina Pacheco)

Anderson buscou no monte, que ainda restava, alguns temas e escolheu dois livros, um com o assunto religioso “Poderá Viver para Sempre no Paraíso” e outro da temática esotérica “Da Mística e dos Estados de Consciência”.

Mas quem deixou? O dono dos livros ainda é anônimo. Um funcionário do Depósito Estrela, que limpava ao redor da empresa na manhã de ontem, contou que um motorista parou o carro na tarde de segunda-feira deixou os livros no banco e foi embora.

O mais curioso é a diversidade de temas disponibilizados. Entre os livros que ainda restavam na manhã desta terça-feira (26), tinham opções de horóscopo e até edição da enciclopédia Barsa, muito usada em trabalhos escolares na década de 80 e 90.

Outros projetos - Em Campo Grande existe o projeto Varal Solidário. Na ação, quem tem para doar disponibiliza as peças e quem precisa pode pegar da exposição.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.