A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

21/06/2018 16:03

Apesar de exageros, dono tranquiliza visitantes e diz que girassóis continuam

Proprietário e funcionários da fazenda famosa pela beleza dos girassóis reforçam apelo para que pessoas preservem a plantação que ainda resta

Thailla Torres e Willian Leite
São 150 hectares de plantação na região do Indubrasil. (Foto: Fernando Antunes)São 150 hectares de plantação na região do Indubrasil. (Foto: Fernando Antunes)

Não haverá florada de girassóis em 2019,  porque ano sim, ano não, eles são plantados em Campo Grande. No entanto, mesmo com o desrespeito de alguns visitantes e destruição de flores, o proprietário da fazenda Cinco Estrelas afirmou, nesta tarde (21), que não vai acabar com o cenário que já virou ponto turístico da cidade a cada dois anos.

Em entrevista ao Lado B, João Carlos Stefanello lamentou alguns excessos de gente que não passou por lá só para fazer fotos. "O maior problema foi um motorista, aparentemente, embriagado, que perdeu a direção e invadiu parte da plantação. Esse foi o mais grave e também houve umas pequenas coisas, mas nada tão alarmante", garante.

Com jeito bem tranquilo, o dono afirma que chegou a conversar com alguns visitantes. "Falamos com o povo e estão mais cuidadosos agora. Pode olhar à vontade, só não pode arrancar", reforça.

Flores foram pisoteadas por visitantes. (Foto: Fernando Antunes)Flores foram pisoteadas por visitantes. (Foto: Fernando Antunes)
Gerente de lavoura teve trabalho extra para conscientizar motoristas. (Foto: Fernando Antunes)Gerente de lavoura teve trabalho extra para conscientizar motoristas. (Foto: Fernando Antunes)

João também não prevê mudar a plantação de lugar, mas como foi em 2016, o plantio não acontece no próximo ano. "É conforme o ano, vamos continuar fazendo uma rotação".

Quem mais sofreu com o aumento das visitas foi o gerente de lavoura Carlos de Lima, que além da rotina de trabalho, precisou redobrar atenção com os folgados que entravam até na sede da fazenda.

"As pessoas fazem a volta sem pedir, inclusive, um deles chegou a perder um drone e veio atrás de casa para buscar". Os quatro cães também sofrem com a falta de sossego, comenta. "Eles não conhecem e latem o tempo todo", diz.

Na plantação, são visíveis os sinais de descuido dos visitantes. Flores foram pisoteadas e muitas arrancadas, uma passagem que não existia também foi aberta por motoristas que usaram o local para fazer manobras.

"A gente só pede para que as pessoas cuidem, respeitem os limites do eucalipto e não invadam a fazenda", reforça o gerente.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

 

Plantação é grande, por isso a maior parte continua intacta.Plantação é grande, por isso a maior parte continua intacta.
Mas no trecho perto da BR, até acesso foi aberto no meio dos girassóis.Mas no trecho perto da BR, até acesso foi aberto no meio dos girassóis.


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.