ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 21º

Comportamento

Após apreensão, Celso resgata Fusca "Transformer", mas dívida continua

Fusca modificado foi apreendido há 2 dias por conta do licenciamento atrasado, mas foi recuperado hoje graças a alguns amigos

Por Lucas Mamédio | 13/01/2021 16:52
Celso ao lado do guincho que irá levar seu carro para casa (Foto: Silas Limas)
Celso ao lado do guincho que irá levar seu carro para casa (Foto: Silas Limas)

Após dois dias sem dormir direito, Celso Ramos Aristimunho vai poder colocar a cabeça tranquilo no travesseiro, sabendo que seu carro está na garagem. Ele conseguiu resgatar seu Fusca "Transformer" (lembra disso?) nesta quarta-feira (13) do pátio do Detran-MS, após o veículo ser apreendido por atraso no licenciamento.

Celso explica que conseguiu retirar o carro do pátio graças à ajuda de um amigo que o emprestou R$ 1.000,00 valor necessário para quitar seus débitos com o órgão. No local, um pátio terceirizado, mais uma surpresa: o dono do espaço, Flávio Xavier, não cobrou as taxas referentes a seu serviço, o que causou uma economia de R$ 160,00 no cálculo total. O despachante também não cobrou seus serviços, ou seja, mais R$ 300 reais de economia.

O carro é utilizado por Celso, que é autônomo, como forma de levantar dinheiro para ajudar a pagar o tratamento da sobrinha, que tem sérios problemas de saúde. Então sem o carro, Celso perderia sua única fonte de renda.

Flávio, dono do pátio, não cobrou pela estadia dos dois dias (Foto: Silas Lima)
Flávio, dono do pátio, não cobrou pela estadia dos dois dias (Foto: Silas Lima)
Celso conferindo se está tudo certo dentro do carro (Foto: Silas Lima)
Celso conferindo se está tudo certo dentro do carro (Foto: Silas Lima)

"Eu fiquei desesperado sem saber como conseguiria dinheiro para tirar o Fusca, sendo que ganhava dinheiro com ele. Graças a Deus existe gente boa nesse mundo, que está me ajudando".

Porém, ele reforça que o empréstimo, obviamente, precisa ser devolvido. "Assim como pedi dinheiro para pagar o Detran, agora preciso pagar a pessoa que me emprestou o dinheiro. Pelo menos com meu carro, será mesmo difícil".

O carro foi levado de guincho para casa do autônomo, no Taveirópolis. Quem tiver interesse em ajudar Celso, pode procurá-lo no WhatsApp (67) 99962-7218.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário