ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, DOMINGO  29    CAMPO GRANDE 23º

Comportamento

Avó que amava sorvete de flocos é eterno “tbt” na memória da neta Camila

Cenas que aquecem o coração de quem relembra no "Throwback Thursday" o amor e a doçura de quem já se foi

Por Paula Maciulevicius Brasil | 27/02/2020 12:23
Dona Elvira e Camila, avó, neta e uma saudade imensa que ficou. (Foto: Arquivo Pessoal)
Dona Elvira e Camila, avó, neta e uma saudade imensa que ficou. (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma saudade que desde maio do ano passado acompanha a vida de Camila dia após dia. A foto que ilustra o #tbt de hoje é do Dia das Mães de 2012, em um dos últimos passeios de dona Elvira no shopping, antes que o Alzheimer avançasse tanto.

A avó que também foi mãe para Camila tinha preferência pela cor lilás e sorvete de flocos, era muito vaidosa e tinha as mãozinhas mais doces, além do colo mais quentinho que a neta já sentiu. Quando criança, a bacharel em Direito Camila de Almeida Rezende, morou com os avós dos 4 meses aos 4 anos. "Todas as minhas memórias afetivas dessa primeira infância era dos meus avós", descreve.

Dona Elvira foi diagnosticada com Alzheimer em 2000, quando a neta tinha 11 anos, mas até então, qualquer coisa que Camila tinha, era pela avó que chamava. Os anos se passaram e muito bem cuidada, Elvira seguia bem na medida do possível. 

"O médico pedia para a gente estimular o raciocínio e a fala dela, então perguntávamos: 'vó, quantos anos a senhora tem? E ela falava, ah, tenho 20. Aí eu dizia: e eu, vó? Você deve ter uns 10'", recorda.

Ao ouvir elogio, a senhora sentia as bochechas vermelhas de vergonha. "Ela ficava toda vermelhinha quando eu falava que ela era linda", conta. Se viva estivesse, dona Elvira faria 92 anos na próxima segunda-feira, dia 2. 

Tem alguma história de #tbt que queira compartilhar? Manda para a gente no Facebook ou Instagram do Lado B, pelo e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563 (chame agora mesmo).