ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 17º

Comportamento

Camilly trocou viagem por 15 anos com viatura da PM e Tropa de Elite

Adolescente conta que ao invés de uma festa tradicional de 15 anos, quis ‘debutar’ com a polícia

Por Aletheya Alves | 15/05/2024 07:00


Foi necessário um ano de preparação para que Camilly Melchiades Mancilha chegasse à sua festa de 15 anos com uma viatura comemorativa da Polícia Militar. O pedido bastante incomum foi feito pela adolescente que negou até viagem para ‘debutar’ com a polícia no tema.

Além do Fusca que um dia já foi viatura da PM em Campo Grande, a festa também contou com a presença do pai, Ronervaldo Barbosa Mancilha, todo fardado e entrada ao som da música “Tropa de Elite”.

Sobre a escolha incomum, Camilly explica que sonha em ser policial desde pequena e, tendo a chance de levar essa vontade para um momento especial, não viu motivos contrários. “Eu sempre quis ter a festa e, tendo referência no meu pai e no meu irmão, quero ser policial. Então, pedi para meu pai entrar fardado e tentar conseguir a viatura, que ele conseguiu”.

Na mobilização do tema desde 2023, o militar da polícia ambiental explica que a família é composta por profissionais da segurança pública e, por isso, acredita que a filha se inspirou.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O sonho dela é ser policial desde criança, então ela se prepara, estuda mesmo. Nós levamos em torno de 12 meses para conseguir tudo porque lá atrás ela escolheu o tema e pediu para eu encontrar essa viatura para ela entrar, eu até imaginei que fosse impossível, explica o pai.

Com ajuda de outros militares, Mancilha relata que a viatura comemorativa conseguiu integrar a programação e foi a entrada de Camilly na festa dos 15 anos.

“Eu passei a vida inteira na Polícia Militar, então é um orgulho para mim. Todo o meu quartel ajudou a ir atrás da viatura e, falando com um colega que trabalha comigo, acredito que até eu já trabalhei nela, cerca de 15 anos atrás”.

Sobre sua história com a polícia, o pai explica que entrou muito cedo na profissão, quando tinha apenas 18 anos, ao invés de ir para o Exército. “Já passei por muitos batalhões, fui do Bope, do Trânsito, Serviço de Inteligência e hoje estou na Polícia Militar Ambiental”, diz.

Camilly fez o pedido ao pai sobre a viatura da PM. (Foto: Arquivo pessoal)
Camilly fez o pedido ao pai sobre a viatura da PM. (Foto: Arquivo pessoal)

Apoiando a trajetória da filha, o pai comenta que viu o filho, que também se chama Ronervaldo, percorrer o caminho. “Ele também é militar, uma pessoa muito correta, então acho que a Camilly se inspirou no caminho do pai e do irmão”.

Sem negar o orgulho que continua, o militar completa dizendo que ver a adolescente focada no sonho é mais um ponto que gera alegria na família a todo momento.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias