A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

01/07/2019 10:42

Carinha triste para time derrotado revolta pais após partida de futebol

Jogo ocorreu no fim de semana e as crianças de 5 a 7 anos caíram no choro quando viram o emoji triste na medalha

Ângela Kempfer e Mirian Machado
Medalha distribuída ao time que perdeu na final. (Foto: Direto das Ruas)Medalha distribuída ao time que perdeu na final. (Foto: Direto das Ruas)

No fim de semana, campeonato infantil de futebol terminou com pais indignados e autoestima das crianças no chão. Ao time que ficou em 2º lugar, a organização distribuiu medalhas consideradas de extremo mau gosto. No verso da premiação, uma carinha de tristeza era símbolo da derrota dos meninos entre 5 e 7 anos de idade.

A partida, realizada em espaço para esse tipo de evento, na Rua Presidente Castelo Branco, no Bairro Monte Castelo, ia muito bem, apesar da derrota. Segundo os pais, os vice-campeões até seguraram o choro, mas ao receberem a tal medalha, a garotada não aguentou a pressão da derrota.

A estudante de Serviço Social, Aline Cristina Correia, de 34 anos, é mãe do goleiro do time derrotado e considerou a premiação um desrespeito. Quando eles perderam, a gente encorajou, falou que eles chegaram longe, conseguiram o 2º lugar, que eles poderiam treinar mais. Daí quando ganharam a medalha questionaram: 'Então porque a medalha tá triste'. Eu questionei o coordenador e ele disse que era 'só uma brincadeira'. Era uma carinha de zoação, e a intenção nunca deve ser essa. A medalha era para reforçar a tristeza", protesta a mãe.

Aline reclama que não houve nem sequer uma retratação. "Buscamos qualidade emocional para as crianças aprenderem a ganhar e a perder. Quando participamos de um esporte, tratamos a emoção das crianças. Repreendemos muitas vezes os filhos quando uma tira sarro da outra, ai acontece justamente em evento organizado por adultos", avalia.

Nas redes sociais, os pais protestaram logo depois da partida. “Algumas crianças chorando, tristes por causa da derrota e nos pais conversando, acalmando e fazendo os mesmos entender que perder faz parte. Aí entregam esse tipo de medalha para elas. Estão de brincadeira com a cara de cada um que esteve presente no evento. Revoltante!”, postou a mãe Andressa Oliveira.

Emoji aparece no verso da medalha de vice. (Foto: Aline Correia)Emoji aparece no verso da medalha de vice. (Foto: Aline Correia)

A assistente financeira Nagela Oliveira também pensou que a manhã seria de mais uma disputa para os meninos aprenderem lições que enobrecem no esporte, mas a decepção foi maior que o normal para idade. "Percebi na hora que era algo absurdo e devolvemos as medalhas", diz.

Outro pai, funcionário público que pediu para não ser identificado, enviou o protesto por meio do Canal Direto das Ruas, do Campo Grande News. Ele conta que diante da indignação coletiva, a organização ficou de tomar providências. “Meu filho chegou e disse ‘olha pai, ganhei uma medalha com cara triste’. Na hora, os pais recolheram as medalhas e a organização ficou de trocar e fazer outra.”

A competição leva o nome do espaço Quadra VIP e a final ocorreu entre o time da casa e a equipe do Santo Gol. A premiação para outras categorias aconteceria da mesma forma, mas depois das reclamações, mudará. "Isso já acalma meu coração, porque não vai acontecer com outras crianças", diz Marcelo da Silva, coordenador geral da escola de futebol Santo Gol.

O professor conta que pela 2ª vez o time entrou nesse campeonato, porque "sempre foi muito organizado. Mas este ano foi bem desagradável o que ocorreu, foram bem infelizes na premiação", comenta. Na avaliação dele, faltou sensibilidade. "São crianças de 7 anos, iniciando no esporte. Era primeira final deles neste ano. Ficou muito ruim".

Ele reclama que faltou alguma atitude dos organizadores no momento em que as crianças começaram a chorar e os pais a protestar. Como isso não ocorreu, o time contornou o problema. "Naquele momento, enquanto responsáveis, a gente conversou com os pais e optou por entregar todas as medalhas na mão do coordenador. Nos mesmos vamos fazer outras medalhas e realizar um jogo com os pais entregando de maneira simbólica outra premiação".

O Campo Grande News tentou conversar com os organizadores do campeonato, tanto da Quadra VIP, quanto da Holiver Eventos, que assina a premiação. Em ambas, após a primeira chamada, funcionários atenderam, mas não respondeuram nada e depois desligaram o celular. 

 

Já os vencedores, levaram essa medalha para casa. (Foto: Reprodução Facebook)Já os vencedores, levaram essa medalha para casa. (Foto: Reprodução Facebook)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.