A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

28/07/2018 07:56

Com vontade de fazer mais, 14 amigos elaboram aplicativo para ajudar pessoas

Primeiro, eles vão cadastrar quem precisa nos bairros mais pobres de Campo Grande, para depois disponibilizar sistema a quem está disposto a ajudar

Thaís Pimenta
Rede de solidariedade começou com 14 pessoas a frente mas acaba atingindo muito mais. (Foto: Top Studio)Rede de solidariedade começou com 14 pessoas a frente mas acaba atingindo muito mais. (Foto: Top Studio)

Com menos de um ano na ativa, o projeto Mobiliza nasceu da veia solidária de um grupo de 14 amigos que já dedicavam um tempo para ajudar os outros, da forma que fosse, seja em outras organizações ou solitários. A vontade de fazer mais pelo outro uniu e agora eles preparam até um aplicativo para mostrar onde estão as pessoas que precisam de ajuda e o que pedem.

Desde o Dia das Crianças do ano passado o grupo vai aos bairros mais pobres de Campo Grande para divertir as crianças. "É um dia de brincadeiras, teatrinho, corte de cabelo, comida e as vezes até levamos uns docinhos para a criançada", diz um dos principais responsáveis pelo trabalho, KassiusManiron Gomes Mota.

Junto dele estão Ana Lucia El Daher, Leonardo Teixeira Maciel, Ana Eloiza Cardozo, Henrique Diniz Silveira, Geizimary Silva Rodrigues, Nilaine Nunes da Cruz, Luana Oliveira dos Anjos, Jeder Massad, Jeferson Santiago Janu, Nathiane Nunes da Cruz Mota, Flávio Henrique Bernardo, Giancarlo Chinaglia, Rodrigo Nassar.

 

As crianças dos bairros mais periféricos de Campo Grande brincam, assistem teatro e saem com presentes dos encontros da Mobiliza. (Foto: Top Studio)As crianças dos bairros mais periféricos de Campo Grande brincam, assistem teatro e saem com presentes dos encontros da Mobiliza. (Foto: Top Studio)

Cada um em sua ocupação profissional decidiu no tempo que resta livre ir até bairros como Cidade de Deus, Dom Antônio e Tijuca para levar alegria às crianças que vivem uma realidade muito diferente da classe média campo-grandense.

Além de cama elástica e dos diversos brinquedos que são alugados para fazer a grande festa acontecer, os voluntários entregam lembranças arrecadadas no boca a boca por outras pessoas que também se dispõe a fazer o bem. "Além de nós, que estamos a frente, tem muita gente que vai conosco pra ajudar, pra vivenciar esse momento, dar o auxílio mínimo para os pequenos".

Ajuda quem pode e como pode, se não pode doar dinheiro ou lembranças, ajuda servindo as crianças.(Foto: Top Studio)Ajuda quem pode e como pode, se não pode doar dinheiro ou lembranças, ajuda servindo as crianças.(Foto: Top Studio)
Projeto começou no dia das crianças do ano passado. (Foto: Top Studio)Projeto começou no dia das crianças do ano passado. (Foto: Top Studio)

Uma rede de auxílio solidário se forma e a intenção do grupo é que mais pessoas participem das ações. Por isso, o aplicativo foi criado. O primeiro passo é fazer cadastros no sistema a partir de outubro, depois da ação no bairro. Depois, quem acessar o sistema vai saber como pode ajudar. A ideia é aproximar quem pode doar e famílias que precisam.

"Precisamos atender primeiro essa comunidade, quando terminarmos, vamos estudar o que eles precisam e como vamos trabalhar. Aí correremos atrás do trâmite burocrático para nos tornarmos uma Associação", explica ele.

A pesquisa vai ser feita de porta em porta, sem auxílio dos poderes públicos. A intenção é que no fim do ano o aplicativo Mobiliza já esteja no ar com cadastros das crianças que precisam de ajuda na comunidade também do Tijuca. Depois outros bairros serão contemplados.

"Não tem cansaço nem obstáculo que nos faça parar. Tudo aquilo que sentimos quando somos crianças volta a tona quando estamos ali. Elas gostam e precisam de alegria, de divertimento, e a gente sente isso claramente", finaliza Kassius.

Quem quiser ajudar, contribuindo com mão de obra ou com doações, pode entrar em contato com o grupo pelos telefones (67) 992447646 ou 999376125.

Curta o Lado B no Facebook  e no Instagram.

(Foto: Top Studio)(Foto: Top Studio)
(Foto: Top Studio)(Foto: Top Studio)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.