A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

28/01/2018 08:37

Feijoada é ensaio para grupo de chefs representar sabores do Estado na Sapucaí

Escola de samba União da Ilha faz festa com temática sobre gastronomia brasileira e representa Mato Grosso do Sul com Dedê Cesco e Paulo Machado

Thaís Pimenta
Galera se reuniu para treinar o samba-enredo da escola, já que falta pouco para o grande desfile.(foto: Marcos Ermínio)Galera se reuniu para treinar o samba-enredo da escola, já que falta pouco para o grande desfile.(foto: Marcos Ermínio)

Acompanhados pela chef Dedê Cesco, 23 sul-mato-grossenses desembarcam no Rio de Janeiro dia 12 de fevereiro como representantes do Estado no desfile "Na ponta da Língua e o Samba no Pé" da escola União da Ilha do Governador. A animação da galera movimentou o Sarau do Alfredão neste sábado (27), em um almoço com feijoada que teve direito a ensaio do samba-enredo e, claro, com muito samba no pé. 

“Como não iremos participar do ensaio geral da escola no Rio, decidimos fazer o nosso próprio ensaio aqui na Capital. Meu coração já está, literalmente, cantando e sambando. Todos os dias eu ouço o samba-enredo, já sei a letra toda. Só de imaginar o desfile já fico emocionada", confessa Dedê, ansiosa para sua primeira apresentação na Sapucaí.

Cada um por si, a turma de convidados de Dedê paga individualmente os custos de toda a aventura, que varia muito de acordo com a elegância da fantasia escolhida. "Os carnavalescos da União já estão com nossas medidas todas pra montar a roupa, o sapato, os artigos, tudo é feito por eles", explica ela. 

Dedê não consegue esconder a alegria! (foto: Marcos Ermínio)Dedê não consegue esconder a alegria! (foto: Marcos Ermínio)

A escola carioca decidiu que 2018 o desfile homenagearia a gastronomia brasileira. Então, o carnavalesco Severo Luzardo chamou a renomada chef Flavia Quaresma para curadoria da União da Ilha. Primeiro, Flavia convidou Paulo Machado, que consequentemente veio a convidar Dedê. Os dois estarão ali para representar a força da comida regional pantaneira e sul-mato-grossense.

O convite vem para elevar a autoestima do povo sul-mato-grossense, que muitas vezes se sente deixado de lado do restante do Brasil, meio "aquém" dos outros estados. Já é sabido que a culinária é uma das maneiras de se identificar a cultura regional, os costumes, então nada mais justo do que inserir esse tema na maior festa cultural brasileira.

Animação da galera na feijoada desse sabadão. (Foto: Marcos Ermínio)Animação da galera na feijoada desse sabadão. (Foto: Marcos Ermínio)

"Somos um povo misturado e a nossa comida demonstra isso. Tem o sobá, o arroz carreteiro, por exemplo, que comprovam esse misto de influências. Então eu tenho certeza que a gente vai se sentir representado, vai se sentir ali na avenida sim. O coração de cada um vai bater União da Ilha por mais que já exista uma escola de preferência", diz a chef de cozinha.

Com cerca de 3.200 componentes, cinco alegorias e 29 alas a União da Ilha vai servir para o público os encantos, as histórias, os sabores e as cores da culinária brasileira. O samba-enredo trará uma verdadeira poesia sobre a gastronomia, fazendo um resgate histórico de todas as fases da nossa culinária.

A letra do samba-enredo começa assim: "Põe lenha no fogão!/ O aroma está no ar/ Exala a nossa poesia!/Caravelas a bailar no mar, chegam para miscigenar essa folia/Eita tempero bom, eu quero provar!/ Derrama o caldo de lá, nos frutos de cá./ Eita tempero bom, eu quero provar, nas terras tupiniquins o que se planta dá/ E tupã abençoou esse sabor da aldeia/ Que incendeia, aguça o paladar/ Mergulhei no gosto que mareia/ Riqueza milenar"

As fantasias, os carros alegóricos, as ornamentações trarão referências daqueles que ajudaram a construir a nossa cozinha, como por exemplo, a influência dos portugueses, dos indígenas, entre outros. Ingredientes como o milho e o cacau também serão reverenciados no desfile e dão nome a dois dos cinco carros alegóricos. Juntando a fome com a vontade de vencer, a escola fará um verdadeiro banquete na avenida, regado a música, dança e alegria.

Dedê desfila no carro do Cacau, já Paulo Machado deve subir no do Boteco. O tema da fantasia da chef não pôde ser divulgado por pedido oficial da Escola.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.