A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

20/06/2017 06:30

Para comemorar Semana do Skate, terça tem manobras, competições e música

Semana terá atividades em 8 pontos da cidade, incluindo os principais points dos skatistas

Thailla Torres
Evento segue até domingo, com atividades à tarde e à noite. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)Evento segue até domingo, com atividades à tarde e à noite. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Desde ontem, a ASMS (Associação de Skate de Mato Grosso do Sul) comemora em Campo Grande a Semana Municipal do Skatista. Já é o terceiro ano que a festa tem manobras pelos bairros da cidade. Hoje, o programa será no Horto Florestal, a partir de 14 horas.

Serão sete dias para incentivar a prática do esporte, mas também divulgar o estilo de vida de quem vive sobre o skate. Na rota da comemoração estão sete pontos já conhecidos da galera skatista, além de uma parada para apresentação a crianças com Síndrome de Down.

Ontem, a programação foi aberta na pista do Bairro Buriti. Já nesta terça, a tarde começa com sessão de skate, música e sorteios de brindes na pista do Horto. Amanhã, as apresentações serão no Colégio Juliano Varela, às 14h. Depois, tem competições às 18h na pista da Orla Morena.

Na quinta, dia 22, o grupo segue para o Parque Sóter, também com música, manobras e brindes. No dia 23, haverá exibição de vídeos de skate no Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, quase esquina com Calógeras.

No sábado, o evento continua na pista do Bairro Jockey Club e no domingo a programação termina com passeata de skate saindo da Praça do Rádio às 14h, com destino ao Parque das Nações Indígenas. O encerramento será às 15h30, na pista de skate do Parque das Nações Indígenas

O economista, Eric Fossati, de 35 anos, é presidente da ASMS e prática skate desde os 21. Ele se dedica às pesquisas sobre arte de rua e diz que o evento é importante para mostrar que nem só de rampas e manobras é feita a vida de um skatista "É importante entender que existe toda uma cadeia produtiva no setor do skate e isso não é só uma diversão. É esporte, é trabalho e é mudança de vida para muita gente", explica.

O momento serve, inclusive, para enfrentar o povo mais conservador, diz. "Tudo que é novo traz um desconforto. O skate envolve moda, música, produção audiovisual e fotografia, isso prova que não é só uma modalidade, é uma cultura diversificada", destaca.

Para participar das competições, o interessado terá de pagar taxa de R$ 5,00. As inscrições serão feitas na hora.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.