A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

10/11/2017 06:05

Pedido de reconciliação vai parar na vizinha e vira polêmica nas redes sociais

Ex-namorada não estava e, para não perder a viagem, carro de som contratado por apaixonado fez declaração para vizinha

Thailla Torres
Fabiana não quer aparecer, mas mostra a rosa vermelha que ficou da homenagem. Fabiana não quer aparecer, mas mostra a rosa vermelha que ficou da homenagem.

Depois de muitas brigas, o desespero bateu à porta de um homem ''apaixonado'' no bairro Estrela Dalva. O medo de perder a mulher fez ele contratar um carro de mensagem, na esperança de que a declaração de amor pública conquistasse de vez a vendedora Fabiana Ramos, de 38 anos. Mas o tiro saiu pela culatra e, além do apaixonado, o locutor do carro de mensagem acabou no alvo da indignação da mulher nas redes sociais.

Como tudo que cai na rede vira polêmica, a história rendeu dezenas de comentários, muitos deles com criticas pesadas pelo simples fato da mulher não se conformar em ter perdido a declaração de amor feita em carro de som, sistema que a maioria acha coisa do passado.

A história acabou mal porque no lugar de Fabiana, quem recebeu a mensagem foi a vizinha. Ao chegar no endereço certo, a homenageada não estava. Para não perder a viagem, o dono do carro de som fez a declaração para quem mora ao lado. Da mensagem de amor, Fabiana só recebeu o botão de rosa deixado pela empresa.

"Eu estava na rua batendo perna, quando um rapaz me ligou dizendo que era oficial de justiça e precisava entregar um papel. Mas informei que só estaria em casa às 17h30 e achei que estava tudo bem".

A surpresa não foi a esperada por quem contratou os serviços. Ao chegar em casa, Fabiana recebeu a notícia da vizinha Gleice Medina, de que a homenagem já havia acabado. "Ela me disse que o carro de mensagem ao vivo chegou na rua, fazendo aquele barulho todo, chamou pelo nome, mas continuou fazendo a declaração para a vizinha. Quando terminou, o locutor só perguntou se ela podia me entregar a rosa", conta. 

Gleice diz ter ficado confusa com a declaração, mas garante que mensagem foi bonita. "Na hora eu fiquei sem entender e achei aquilo muito engraçado. Mas acho que eles poderiam ter esperado ela chegar", acredita.

Chateada pela atitude da empresa, Fabiana resolveu desabafar na página "Aonde não ir em Campo Grande" e recebeu centenas de comentários. Muitos resolveram criticar a vendedora, pelo fato dele se sentir chateada por não ter recebido algo que a maioria considera brega. "As pessoas acham que eu estou passando vergonha e ficam criticando a escolha de mandar um carro de mensagem. Mas não vejo problema nenhum, aliás muita gente ainda usa esse serviço".

Sem entrar em detalhes sobre o que levou ao desentendimento com o namorado, ela só revela que a relação é difícil. "Ele é um apaixonado e eu sou bruta. Tem amor de um lado e do outro, não", afirma.

Apesar da exposição pública, Fabiana diz que não se chateou com a demonstração de carinho, mas considerou que tudo poderia ser diferente. "Antes ele tivesse pegado esse dinheiro e me levado para comer uma pizza", diz rindo.

Com a repercussão, ela diz que a empresa ameaçou processá-la. 

O Lado B entrou em contato com a Magia de Amor, que afirma não ter errado durante a homenagem. "O cliente pediu uma reconciliação e declaração de amor. Mas por ela não estar no local, pediu que a gente inventasse que fosse um processo. Quando cheguei para fazer a homenagem, perguntei para a vizinha sobre a Fabiana, que disse estar em casa, por isso demos continuidade a homenagem. Inclusive, falamos bem alto no microfone que deixaria a rosa com a vizinha", afirma Paulo Santos, proprietário.

Curta o Lado B no Facebook ou Instagram.

 

Pedido de reconciliação vai parar na vizinha e vira polêmica nas redes sociais


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.