A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Maio de 2019

27/10/2018 07:46

Recordação de pai e filha é aniversário inspirado na novela Tieta, em 1990

Aniversário em Ponta Porã teve até ônibus semelhante ao da novela e Celso Portiolli como animador entre os convidados

Thailla Torres
Ônibus inspirado ao da novela levou parte dos convidados para a festa. (Foto: Arquivo Pessoal)Ônibus inspirado ao da novela levou parte dos convidados para a festa. (Foto: Arquivo Pessoal)

Quando a família mexe na caixa de recordações é impossível não se divertir com as fotografias de um aniversário pra lá de criativo, realizado em fevereiro de 1990. Mauro Pinto Costa e a filha Maricy Leal Pinto Costa, são os protagonistas da festa inspirada na novela Tieta, exibida pela TV Globo e que naquele ano parou a cidade de Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande.

A dramaturgia inspirada na obra Tieta do Agreste, de Jorge Amado, virou referência para os dois realizarem um festão com direito a ônibus idêntico ao da novela, presença de Celso Portiolli como animador do evento e uma lista de convidados que compareceu totalmente caracterizada, com roupas e acessórios iguais aos da novela.

 

Maricy, à esquerda, foi interpretando a empregada. Maricy, à esquerda, foi interpretando a empregada.
Evanise e Celso Portiolli. Evanise e Celso Portiolli.
No centro, Mauro, o coronel. (Foto: Arquivo Pessoal)No centro, Mauro, o coronel. (Foto: Arquivo Pessoal)

“Eu faço aniversário em 15 de fevereiro e meu pai no dia 2. Lembro que naquele ano estávamos pensando em como seria a festa, quando minha mãe chegou dizendo de uma festa com tema brega, que ela havia ido e se encantando. Foi quando surgiu a ideia de fazer com a temática de Tieta”.

Não demorou muito para a mãe, Evanise Leal Pinto Costa, o pai e a filha organizarem o evento que foi realizado em um clube militar da cidade. “Amigos, familiares e algumas pessoas da sociedade de Ponta Porã foram convidados e todo mundo ficou muito surpreso com o tem”, lembra a mãe.

Logo no convite o pedido era claro. “Tinha que ir fantasiado, bastava escolher um personagem e se vestir semelhante a ele”. Não deu outra, todos os convidados chegaram à festa, fantasiados.

A novela começou a ser exibida em agosto de 1989 e terminou em março de 1990. Alguns personagens ficaram marcados na memória de quem não perdeu um capítulo, por isso, até concurso rolou para eleger a melhor Tieta, personagem principal, e que foi a mais vista no aniversário de Mauro e Maricy.

Outros convidados chamaram a atenção pela fidelidade dos personagens, como seu Mauro que foi de Coronel e dona Evanise que foi Leonora, a dona da Casa da Luz Vermelha, prostíbulo que fazia parte da dramaturgia.

Uma das Tietas chegando na festa. (Foto: Arquivo Pessoal)Uma das Tietas chegando na festa. (Foto: Arquivo Pessoal)
Bafo de Bode, interpretado por Flávio Kayatt, que já foi prefeito de Ponta Porã. (Foto: Arquivo Pessoal)Bafo de Bode, interpretado por Flávio Kayatt, que já foi prefeito de Ponta Porã. (Foto: Arquivo Pessoal)
As Irmãs Perpétuas. (Foto: Arquivo Pessoal)As Irmãs Perpétuas. (Foto: Arquivo Pessoal)

Bafo de Bode, outro personagem, foi interpretado pelo convidado e amigo da família Flávio Kayatt, que mais tarde se tornou prefeito de Ponta Porã. “Na época minha mãe também era dona de uma locadora de vídeo e o Celso Portiolli trabalhava em uma rádio na cidade, era amigo dela, e aceitou o convite para animar a festa”.

Celso não saiu do palco um minuto e ainda recepcionou parte dos convidados junto com os aniversariantes que chegaram de um ônibus, alugado para representar a “Marinete”, veículo que também fez parte da novela. “Foi muito interessante e uma surpresa, porque muita gente não imaginava que aquele ônibus apareceria. Um amigo na época que conseguiu, colocou o nome, se vestiu idêntico ao motorista que era personagem e ainda por cima passou em alguns lugares da cidade para buscar alguns convidados”.

O bacana é que além da fidelidade com os personagens, ninguém deixou de participar da festa. “Tudo foi temático. Além das roupas, decoramos diversas partes do salão, fizemos cenografia e até algumas louças eram iguais as da novela”, diz Maricy.

Do cardápio a trilha sonora, também não faltou inspiração. “Tinha comidinhas do Nordeste e naquele ano estava em alta a lambada, escolhemos músicas com a trilha sonora da novela e muita lambada, todo mundo caiu na pista, do padre ao coronel”.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Entrada do evento em um clube militar de Ponta Porã.Entrada do evento em um clube militar de Ponta Porã.
Festa reuniu centenas de convidados de Ponta Porã.Festa reuniu centenas de convidados de Ponta Porã.
Evanise premiando a Tieta ganhadora na festa Evanise premiando a Tieta ganhadora na festa


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.