ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEXTA  18    CAMPO GRANDE 26º

Comportamento

Sem águas de março, campo-grandenses sofrem com calor de 35ºC

Por Viviane Oliveira | 13/03/2012 18:26

De acordo com meteorologista, no ano passado choveu em todo mês 571 milímetros. Já este ano choveu pouco, apenas 5mm

Conforme o meteorologista, hoje, às 15 horas, os termômetros registraram 35ºC. (Foto: João Garrigó)
Conforme o meteorologista, hoje, às 15 horas, os termômetros registraram 35ºC. (Foto: João Garrigó)

Se são as águas de março responsáveis por fechar o verão, os campo-grandenses aguardam ansiosos que a poesia de Tom Jobim se realize. Neste mês, só choveu 5mm. No ano passado, no mês inteiro, choveu bem mais: 571 mm.

Sem chuva, o calorão fica ainda mais evidente. Hoje às 15h, conforme o meteorologista da Uniderp/Anhanguera, Natálio Abrão, os termometros marcaram 35ºC.

Há seis dias a cidade não tem chuva. Em Dourados, já são 11 dias.

A dona de casa Selma Costa de Souza, 43 anos, que tem duas crianças e um bebê de 7 meses, reclama do calor e do mormaço quente dos últimos dias. “A gente não consegue dormir a noite e as crianças são as mais prejudicadas”, disse.

Selma conta que prefere chuva a calor. Segundo a dona de casa, o filho tem asma e neste tempo quente ele é o que mais sofre por conta das queimadas. As temperaturas altas vão continuar no Estado, de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). A máxima prevista para esta quarta-feira (13), e é de 39ºC. A mínima fica na casa dos 19ºC.

Cansaço, dor de cabeça e fadiga são alguns dos sintomas que a aposentada Eugênio Machado dos Santos, 60 anos, sente neste verão. “Como a gente sofre. Cada ano que passa está mais quente e o culpado somos nós, que estamos destruindo a natureza”, afirma.

De acordo com o meteorologista, de amanhã para quinta-feira (15) vai chover no Estado, mas será em pontos isolados e pouca chuva. Em Campo Grande a temperatura máxima será de 33ºC e a mínima de 21ºC

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário