ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 26º

Consumo

Com guavira, hibisco ou chocolate branco, cachaças têm sabor de MS

Bebidas feitas por Johny e Junior são todas artesanais e valorizam a cultura local

Por Bárbara Cavalcanti | 07/12/2021 09:26
Licor de chocolate branco, de maracujá e cachaça de flor de clitória são opções artesanais. (Foto: Reprodução Redes Sociais)
Licor de chocolate branco, de maracujá e cachaça de flor de clitória são opções artesanais. (Foto: Reprodução Redes Sociais)

Em Bonito, município distante 297 quilômetros de Campo Grande, o casal Johny Mike Rodrigues e Osvaldo Esterlique Junior tiveram a ideia de fazer cachaças artesanais que são a cara do Mato Grosso do Sul. São cachaças saborizadas com frutas e ervas, como canela, guavira, ipê roxo, mamica de cabela ou sucupira, além de licores de chocolate branco e até flor de hibisco.

A ideia surgiu em plena pandemia. Johny é advogado e Mike é engenheiro ambiental. “Eu morava em Jardim e, no ano passado, praticamente não tinha mais atendimentos. E o Junior sempre quis fazer algo com comércio”, relata Johny.

Sendo de família de comerciantes, Junior sempre quis empreender. Desde barracas de cachorro quente a churros, de tudo um pouco o casal quis fazer. Até que por fim, o conhecimento sobre os benefícios das plantas que Junior aprendeu em seu curso foi o que lhe foi útil e rendeu. “Os benefícios das plantas se potencializam com a cachaça. Assim, a gente teve a ideia”, detalha Johny.

Licor de chocolate branco feito por casal de Bonito. (Foto: Reprodução Redes Sociais)
Licor de chocolate branco feito por casal de Bonito. (Foto: Reprodução Redes Sociais)

Hoje, são praticamente 20 opções de cachaças e licores, além de mais uma sócia, a guia de turismo Estela Zarza Manze. É possível escolher entre as cachaças saborizadas de ingredientes como amburana, butiá, catuaba, guariva, ipê roxo, jabuticaba e também sucupira.

Além disso, licores são fervidos com açúcar, o que justamente suaviza o sabor. São preparados com maracujá, chocolate branco ou doce de leite. “Tem uma artesã que, inclusive, fez um bombom especial com uma das nossas cachaças”, acrescenta.

A regionalidade é o foco em todas as bebidas. “A gente começou experimentando com as coisas regionais mesmo, como guavira. Mas sempre com produtos típicos aqui da nossa região, pra valorizar nossa cidade”, ressalta.

Na semana passada, o casal esteve presente na 1ª Feira de Empreendedorismo de Gênero, que aconteceu na Galeria Isaac de Oliveira.

Cachaças disponíveis na feira. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Cachaças disponíveis na feira. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

“A gente achou muito legal essa iniciativa de ter um evento assim. Recebemos o convite do Henrique e é ótimo poder mostrar que as pessoas da comunidade [LGBTQIA+] também têm um poder de empreender. De imediato a gente aceitou, até porque essa daqui foi uma vitrine sem igual”, finalizou.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário