ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 22º

Consumo

Shopping adia inauguração e Bosque dos Ipês só abre em maio

Por Ângela Kempfer | 25/03/2013 12:46
Maquete virtual da obra mostra vidros que vem da frança.
Maquete virtual da obra mostra vidros que vem da frança.

A primeira data era 2 de abril, mas uma série de motivos fez os administradores do projeto Bosque dos Ipês adiarem a inauguração do novo shopping de Campo Grande. A abertura ficou para 2 de maio, um mês após a previsão inicial. As justificativas são, basicamente, problemas com fornecedores e falta de trabalhadores.

Além da chuva, motivo usado com frequência para mudanças no cronograma de obras, foi complicado fechar o quadro de operários durante a construção, principalmente, na fase de acabamento. A falta de mão-de-obra obrigou, inclusive, a contratação de trabalhadores de fora do Estado.

Outro imprevisto ocorreu com os vidros a serem instalados no local. Eles são franceses, com tecnologia que deixa a luz passar sem o calor. Houve demora inesperada no transporte do material, que vem de navio.

Em janeiro, o grupo também foi surpreendido com denúncias sobre processo de terceirização no canteiro de obras e precariedade nos alojamentos dos trabalhadores.

Lojas - Os proprietários das lojas que vão funcionar no Bosque dos Ipês já tiveram o acesso liberado e, desde o início do ano preparam os espaços para a inauguração. Também já foram abertos processos de seleção de funcionários para vagas em diferentes empresas.

O grupo Jereissati é dono de 43 hectares na região da saída para Cuiabá, 16 são ocupados pelo shopping que tem 38 mil m², com capacidade para 167 lojas, 08 delas âncoras, além de cinema com 6 salas de exibição.

Ainda não foram divulgados detalhes sobre a festa de inaguração do Bosque dos Ipês, mas 3 artistas são cogitados para show no dia 2 de maio. Estão previstas, ainda, campanhas promocionais.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário