A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

28/02/2017 19:46

Último dia de folia leva 7 mil à Esplanada e lanche vira 'pechincha'

Nyelder Rodrigues e Thailla Torres
Adriano Queiroz não pensou duas vezes e definiu o preço: R$ 1,99 (Foto: Marcos Ermínio)Adriano Queiroz não pensou duas vezes e definiu o preço: R$ 1,99 (Foto: Marcos Ermínio)

Cachorro-quente por R$ 1,99, banheiro por R$ 3 e muita folia no último dia do Carnaval dos blocos de rua de Campo Grande, nesta terça-feira (28). A presença de 7 mil pessoas na Esplanada Ferroviária, além de garantir a festa de muita gente, também é a oportunidade para que várias delas consigam faturar um pouco mais neste início de ano.

O dinheiro extra vem de todas as formas. Uma delas é a venda de alimentos, como o tradicional cachorro-quente. Os preços são os mais variáveis possíveis, inclusive havendo pechinchas como R$ 1,99. Quem vende por esse preço o lanche é Adriano Queiroz.

"Minha esposa trabalhava em restaurante, então tem experiência com alimentos. A gente viu que tinha cachorro-quente por até R$ 8 aqui, então resolvemos vender também, mas por R$ 1,99. As pessoas acham que porque é barato é ruim, mas é bom, caseiro, bem feitinho", comenta Queiroz, que é eletricista.

O vendedor também frisa que já vendeu cerca de 500 lanches e, nesta terça-feira, o que vier é lucro. "O que gastei com produtos já tirei no primeiro dia. Agora é só lucro", revela. Além disso, Adriano também conta que vai vender cachorros-quentes no local enquanto houver foliões na Esplanada.

Banheiro de dona Nice garante renda extra para consertar cerca estragada no Carnaval do ano passado (Foto: Marcos Ermínio)Banheiro de dona Nice garante renda extra para consertar cerca estragada no Carnaval do ano passado (Foto: Marcos Ermínio)

A previsão é que a festa do Cordão Valu acabe às 23h, mas como nos outros dias e anos, há várias pessoas que permanecem no local, com som automotivos, madrugada à dentro, até às 5h, geralmente sob o embalo dos hits do momento no funk.

"Pedimos que quando acabar a nossa festa, que as pessoas fossem para casa em paz, evitando tumultos e brigas. Queremos uma festa do bem como todos os anos", comenta a criadora do Cordão Valu, Silvana Valu.

O pedido de Valu vai de encontro com alguns problemas ocorridos pós-Cordão no ano passado. Em um deles, uma briga terminou com o cerca de uma casa quebrada, sendo que até hoje ela permanece assim. A dona da casa, Nice Nunes França, de 57 anos, vai consertar a cerca usando o dinheiro que vai ganhar neste Carnaval.

Nice mora na esquina da avenida Calógeras com a rua Temístocles e aluga o banheiro por R$ 3 para quem não tem paciência de esperar o banheiro químico e público ser liberado. Ela conta que no primeiro abriu o banheiro para os foliões, mas no segundo ela não alugou o espaço, o que fez com que as pessoas passassem a urinar em qualquer lugar ali por perto.

"Resolvi voltar a alugar para diminuir essas questões. Faz fila que chega a dar volta no quarteirão. Só cobro porque não fou conta. Minha intenção não era nem cobrar, mas as pessoas não tem paciência de esperar e tenho que acordar no outro dia às 8h para limpar, porque fica imundo. É gente entrando e saindo o tempo todo aqui. O dinheiro vou usar para consertar a cerca".

Blocos da amizade - Já do outro lado da festa, claro, estão eles, os foliões. O cenário de animação conta com fantasias e o imaginário dos participantes do Carnaval, com a criação de pequenos blocos para brincar. Um desses é o Bloco Biscateriana.

"Sempre brincamos por andarmos juntos e, em um desses dias, passamos em frente a uma igreja e resolvemos brincar com os nomes e nosso grupo. Até agora não implicaram, é tudo uma brincadeira para dar risada", frisa uma das fundadoras, Gabriel Pedroso, de 22 anos. O grupo é formado por estudantes da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Último dia de folia levou 7 mil pessoas à Esplanada (Fotos: Marcos Ermínio)Último dia de folia levou 7 mil pessoas à Esplanada (Fotos: Marcos Ermínio)
Grupo de amigos brinca com criação de bloco durante o Carnaval deste anoGrupo de amigos brinca com criação de bloco durante o Carnaval deste ano


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.